Colunas

14/05/2017

Cada vez mais jovens

Com o início do Campeonato Brasileiro, novos atletas das categorias de base ganham destaques na equipe principal

Começando mais um Campeonato Brasileiro e a realidade se apresenta de maneira cada vez mais dura, as grandes esperanças de muitos clubes estão nos atletas da base. Muitos poderão alavancar suas carreiras e outros nem tanto e por que essa situação perdura? Por que cada vez mais concentramos nossas esperanças nos atletas que ainda nem sequer alcançaram a maturidade profissional?

As respostas a estas perguntas podem ser mais complexas e não caberá a nós aqui procurar respondê-las.

Mas cabe sim, a todos nós refletir sobre formas de colaborar para que esta realidade não termine precocemente o potencial de atletas que estão iniciando sua jornada no futebol profissional.

Não é possível contribuirmos sem termos a exata importância desta transição para a carreira dos atletas.  Um atleta nessa etapa de sua vida entra na grande fase de excelência, na qual ele assume definitivamente que deseja investir em sua carreira esportiva e viver esta carreira de maneira efetiva.

Com ela, se faz necessário realizarmos todo o apoio ao atleta para que possa mentalmente estar preparado para os desafios que se apresentarão dentro e fora de campo. Caberá a ele realizar uma série de escolhas que inevitavelmente trarão impactos em sua carreira e em sua vida pessoal.

Assim, acredito que para obter um melhor desempenho dentro de campo e atender as expectativas nestes depositadas, reforço que será de enorme importância planejar estrategicamente esta carreira, quer dizer, tornar cada vez mais clara a importância que as escolhas terão no seu futuro. Igualmente importante é elevar a consciência da comissão técnica sobre estes planejamentos e sobre o real potencial destes atletas para o time, pois caso contrário o excesso de expectativa pode fazer com que os desempenhos sejam muito inferiores ao esperado por todos.

Bem, façam suas apostas e que venham as grandes revelações de 2017, mas sempre lembrando de acompanharmos para tirarmos as nossas próprias conclusões sobre onde realmente o preparo mental foi decisivo para o desempenho destes atletas na temporada.

Até a próxima!

Comentários

Deixe uma resposta