Biblioteca

08/12/2016

Identidade: reconhecendo alguns significados e territórios

Em A geração de hinterlândias e identidades no Brasil sob as transmissões do Brasileirão de Futebol pela TV Globo: o efeito da “fute-polarização”, Helcio Campos analisa a força midiática da TV mais assistida no país e o seu poder de superpor territórios através dos jogos que exibe. Para tanto, é mostrado um breve histórico da influência da mídia sobre o futebol, desde a “era do rádio” até a fase da TV aberta, a mais utilizada pelos brasileiros. O autor monitorou os jogos dos Campeonatos Brasileiros (2014 e 2015) e mostra, por meio de mapas, uma incrível hegemonia espacial centrada em São Paulo e no Rio que é ainda mais significativa do que aquela comumente estudada em Geografia Urbana, como fluxos de passageiros, transações comerciais, etc. Nesse contexto da TV Globo maximizar a penetração dos clubes cariocas e paulistas por todo o país, está o fato de uma contraposição entre o local e o hegemônico sob o viés de uma identificação regional “distorcida” em que o torcedor também se decide por times mais exibidos que os outros na TV e distantes de seu cotidiano.

Livro disponível em www.estantevirtual.com.br/bancacultural/Helcio-Ribeiro-Campos-e-Mara-Lucia-Rodrigues-Costa-Identidade-359910467

Comentários

Deixe uma resposta

Sobre a Universidade do Futebol

A Universidade do Futebol é uma instituição criada em 2003 que estuda, pesquisa, produz, divulga e propõe mudanças nas diferentes áreas e setores relacionados ao universo do futebol, enquanto atividade econômica e importante manifestação de nosso patrimônio cultural, nas dimensões socioeducativas e no alto rendimento, e que conquistou o reconhecimento e credibilidade da comunidade do futebol.

Posts Recentes

Cursos em Destaque

© 2016 Universidade do Futebol. Todos os direitos reservados.