Colunas

14/02/2017

O menino Jesus

Desde sua chegada ao Manchester City, o jogador já conquistou a torcida e é clara a esperança que se torne o maior ídolo do clube

A chegada de Gabriel Jesus ao Manchester City superou qualquer expectativa. E olha que as expectativas eram altas desde a confirmação da contratação do jovem brasileiro de 19 anos por 32,75 milhões de euros, a 3ª maior transferência da história de jogadores do Brasil para a exterior.

Em 4 jogos pela Premier League, anotou 3 gols e deu 1 assistência, sendo que no primeiro jogo entrou nos minutos finais, nos dois jogos seguintes foi considerado o melhor jogador em campo e no jogo dessa segunda-feira saiu machucado aos 14 minutos do primeiro tempo. A torcida já abraçou o brasileiro e é clara a esperança que se torne o maior ídolo desse clube multimilionário.

Fonte: John Sibley Livepic/Reuters
Fonte: John Sibley Livepic/Reuters

Gabriel Jesus talvez não seja o jogador mais cerebral, o mais criativo ou o típico goleador, mas tem características de um grande meia, é destaque atuando como atacante mais aberto pelos lados do campo e tem conquistado grande destaque sendo o principal homem dentro da área com gols e assistências.

Apesar desse sucesso, o jogador ainda não possui um assédio frenético de patrocinadores, algo que certamente mudará com a sua ida à Europa e com a aproximação da Copa do Mundo de 2018. O grande nome da seleção brasileira deverá ser Neymar, mas nesse início da Era Tite, o destaque tem sido o menino Jesus. Foram 5 gols e 4 assistências em 6 jogos disputados. Somente Pelé, o Deus do futebol, supera os números de Jesus.

O ranking dos jogadores de futebol mundial que mais faturam com patrocinadores pessoais é liderado pelo português Cristiano Ronaldo. Em 2016, recebeu 32 milhões de dólares, seguido por Messi com 28 milhões de dólares e Neymar com 23 milhões de dólares. O argentino Aguero, companheiro de time de Gabriel Jesus no City, aparece em 5º nesse ranking e faturou 7,5 milhões de dólares. Detalhe que o argentino perdeu a titularidade justamente para Jesus.

Segundo dados da Academia Store, loja oficial do Palmeiras, Gabriel Jesus foi o jogador que liderou a venda de camisas customizadas com o nome de jogador em 2016. Imagine então o potencial que terá com o Manchester City alcançando projeção mundial, especialmente no mercado europeu, norte-americano e asiático.

A grande pretensão do Citizens é conquistar o inédito título da Champions League. Gabriel Jesus pode ser fundamental para que o time convença dentro de campo, algo que é colocado em dúvida desde a chegada de Pep Guardiola. Muitos jogadores chegaram por cifras milionárias junto com o treinador catalão, mas os resultados dentro de campo não foram satisfatórios.

Obviamente, em sua carreira, Gabriel Jesus será crucificado quando não render o esperado dentro de campo e poderemos ver como ele lidará com essa pressão. Absolutamente todos os grandes ídolos, em qualquer modalidade esportiva, passaram por momentos de dificuldades e as maiores lendas sempre conseguiram se levantar ainda melhores do que antes. O potencial de Gabriel Jesus dentro e fora de campo é gigantesco!

Slider-Site(1)

Comentários

Deixe uma resposta

Sobre a Universidade do Futebol

A Universidade do Futebol é uma instituição criada em 2003 que estuda, pesquisa, produz, divulga e propõe mudanças nas diferentes áreas e setores relacionados ao universo do futebol, enquanto atividade econômica e importante manifestação de nosso patrimônio cultural, nas dimensões socioeducativas e no alto rendimento, e que conquistou o reconhecimento e credibilidade da comunidade do futebol.

Posts Recentes

Cursos em Destaque

© 2016 Universidade do Futebol. Todos os direitos reservados.