Universidade do Futebol

Artigos

03/10/2012

1º Ranking Pluri de transparência dos clubes de futebol

Ressalva: Uma boa política de transparência é um elemento fundamental da Governança Corporativa, e como tal deve ser considerada como fator relevante para um bom relacionamento com os Stakeholders. Todavia, recomendamos critério na interpretação dos dados, pois os mesmos não podem ser considerados afirmação inequívoca da qualidade ou probidade das instituições analisadas.

Por que foi criado o Ranking Pluri de transparência dos clubes de futebol?

Cresce a cada dia no Brasil o interesse geral a respeito da gestão e das finanças dos clubes de futebol. Agentes de mercado e parte da mídia percebem o crescimento da importância do setor na economia, e a necessidade de se implantar ferramentas de governança que permitam lançar luz sobre a situação financeira dos clubes, melhorando o grau de confiança na relação entre os “players” envolvidos com o futebol.

Porém, esse é um processo que ocorre de forma assimétrica, em que alguns clubes percebem mais rapidamente os benefícios de ser transparente perante seus parceiros (patrocinadores, investidores, etc), torcedores e a mídia. Por outro lado, outras entidades permanecem com uma postura de “caixa-preta”, o que em última instância prejudica a própria instituição, pois reduz o seu grau de credibilidade no mercado e afasta potenciais parceiros.

A Pluri tomou a iniciativa de elaborar este Ranking por entender que o mercado brasileiro atingiu um grau de maturidade que exige das instituições uma ampla abertura de suas informações financeiras, o que possibilita melhorar o grau de conhecimento e análise do setor e, consequentemente, o seu desenvolvimento. Além disso, boas práticas já começam a surgir como exemplo e merecem ser mais amplamente divulgadas para que possam ser seguidas e até aprimoradas por outros clubes.

A elaboração deste 1º Ranking Pluri de transparência dos clubes de futebol rendey ao vencedor o prêmio de clube mais transparente do Brasil em 2011, que foi entregue no Seminário “O FUTURO DOS CLUBES BRASILEIROS”, realizado no último dia 17, em São
Paulo, no evento de lançamento da Brasil Sport Market, parceria entre a Pluri Consultoria e a Trevisan Escola de Negócios.

Por que os clubes mais transparentes costumam ter mais sucesso dentro de campo?

A relação é simples e pode ser explicada de forma bem direta. Quanto mais transparente é a instituição, mais confiança o mercado tem nela, e com isso mais predispostos os agentes estarão a fazer negócios com ela, desde investidores e patrocinadores até os próprios jogadores, que veem nas instituições mais confiáveis uma maior chance de ter cumpridos os compromissos acertados entre as partes. Quanto maior for a credibilidade da instituição, melhor será seu poder de atração e barganha junto aos melhores investidores e patrocinadores, afetando positivamente sua capacidade financeira.

E com melhor capacidade financeira, melhor será sua condição de contratar os melhores jogadores e montar uma equipe competitiva. E o resultado final aparece dentro do campo.

Veja a seguir um resumo disto no “Modelo Pluri de Sucesso de um Clube de Futebol”:



METODOLOGIA DO RANKING

O ranking foi feito em se considerando os 32 clubes mais populares do país, de dez estados diferentes, de acordo com a 1ª Pesquisa Pluri de potencial de consumo das torcidas.

Para medir o grau de transparência de cada clube, levamos em consideração 14 critérios:

1. O Balanço do Clube está disponível no site?

Pontuação: 20 pontos, caso publique.

2. O local onde os balanços estão no site é fácil de encontrar?

Pontuação: Se o grau de dificuldade para encontrar o balanço for médio, perde 5 pontos, se for alto perde 10 pontos.

3. Qual o histórico (anos anteriores) dos balanços disponíveis no site?

Pontuação: 3 pontos de bônus para cada ano em que o balanço estiver disponível, excetuando 2011

4. O Clube publica o parecer dos auditores?

Pontuação: 10 pontos, caso publique.

5. Qual a Periodicidade de publicação dos balanços?

Pontuação: Se publica balanços trimestrais, ganha 10, se for mensal, ganha 15 pontos.

6. É possível obter o Balanço 2011 por outros meios (quando não está no site do clube)?

Pontuação: Se for possível obter, ganha 10 pontos.

7. O Clube respondeu aos contatos da PLURI solicitando informações por telefone ou email?

Pontuação: Se não respondeu, perde 5 pontos.

8. Qual o nível de disclosure* das informações do Balanço?

Se for Baixíssimo perde 7 pontos, se for baixo perde 5 pontos. Se for Bom ganha 5 pontos, se for excelente ganha

15 pontos.

9. Disponibiliza o Estatuto do Clube no Site?

Pontuação: 10 pontos, caso publique.

10. Disponibiliza o Organograma do Clube?

Pontuação: 10 pontos, caso publique.

11. Disponibiliza o orçamento para o ano vigente?

Pontuação: 10 pontos, caso publique.

12. Publica Relatório anual?

Pontuação: 10 pontos, caso publique.

13. Publica Política de Governança?

Pontuação: 10 pontos, caso publique.

14. O Clube atrasou a publicação dos Balanços em relação ao que diz a legislação?

Pontuação: Perde 10 Pontos em caso de atraso.

(*) Para definição do nível de Disclosure consideramos o seguinte conceito: As boas práticas recomendam que as notas explicativas devam apresentar informações qualitativas e quantitativas de maneira ordenada e clara para que seja exaurida a capacidade de comunicar aspectos relevantes do conteúdo apresentado nas demonstrações.









*Economista, Especialista em Gestão e Marketing do Esporte e Pesquisa de Mercado.

Contato: fernando@pluriconsultoria.com.br

Twitter: @fernandopluri

Leia mais:
Entrevista com Fernando Pinto Ferreira, fundador da Pluri Consultoria

Comentários

Deixe uma resposta