Relação clube e imprensa: a guerra que precisa ter fim

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

O mundo mudou. Isso ninguém pode negar. Com o avanço da tecnologia, hoje temos uma alta velocidade e um fácil nível de acesso à informação, o que alterou bruscamente a sociedade, e, consequentemente o futebol.

Hoje, qualquer informação de qualquer clube pode ser facilmente acessada e/ou descoberta, o que causa um grande conflito entre clube e imprensa, pois ao mesmo tempo que o clube quer se prevenir de várias situações, a mídia busca de maneira insistente novas informações (o que atualmente é muito constante devido à velocidade de informações).

Em recente palestra no Footecon 2011, Tino Marcos, jornalista da Rede Globo, defendeu o lado da imprensa, dizendo que sente muita falta da época em que os jornalistas tinham acesso livre aos atletas, e que havia mais entrevistas exclusivas.

O lado de Tino é compreensível, porém vou tentar decifrar o pensamento do clube para comtrapor tal situação: imagine se o clube desse total acesso à imprensa nos dias de hoje. Com a velocidade da informação e a crescente quantidade de jornalistas, o clube teria a todo momento um alto número de profissionais em sua porta, o que com toda certeza prejudicaria o trabalho da equipe, já que a mesma não teria como trabalhar questões internas sem que elas se tornassem crises ou qualificar sua equipe de maneira tranqüila, sem ter o risco de incidentes externos.

O resultado disso é uma guerra entre ambas as partes que, sem entender a situação, não conseguem ter um bom relacionamento, o que acaba trazendo um grande prejuízo a ambos e à sociedade, pois o clube depende da imprensa para se comunicar com sua maior fonte de renda (torcida); a imprensa depende do clube para sobreviver, e com o conflito a sociedade sofre com a insuficiência de informações.

Um modo de resolver isto talvez seja ambas as partes cederem um pouco e atingirem um meio termo.

+ posts

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no pinterest

Deixe o seu comentário

Deixe uma resposta

Mais conteúdo valioso