“O jogo é tudo. O jogo é a razão de ser da minha vida”

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Ricardo Drubscky aponta algumas medidas para resgatar a essência do futebol brasileiro

Ricardo Drubscky deixou a carreira de técnico para abraçar a de gestor esportivo. Ele assumiu o posto de Diretor de Futebol do Cruzeiro, em março de 2020, onde já atuava como Diretor de Futebol de Base. 

Ele avaliou pontos importantes para resgatarmos a essência do futebol brasileiro e apontou a capacitação profissional das diversas áreas que envolvem esse esporte, como fator fundamental na busca por uma transformação da modalidade.

“O jogo é tudo. O jogo é a razão de ser da minha vida. No Brasil, a gente fala do árbitro, do jogador, do treinador, da bola, da grama e o jogo está essa porcaria que estamos vendo aí. Justamente porque treinadores ficam dois meses nos clubes, treinadores são chancelados como burros, não são regulamentados. Qualquer um pode ser treinador no Brasil”, lamenta.

Confira a entrevista completa no Fut Talks:

+ posts

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no pinterest

Deixe o seu comentário

Deixe uma resposta

Mais conteúdo valioso