Universidade do Futebol

Artigos

26/07/2007

A cinesiologia aplicada com apoio psicológico

A cinesiologia pode ser definida como uma ciência de ativação muscular. É uma terapia desenvolvida na década de 60 pelo médico quiropata George Goodheart, que tomou princípios da biomecânica e os combinou a elementos de testes musculares, terapia chinesa, quiropatia e reflexos osteopáticos. O que poucos tem conhecimento é que a técnica que se baseia no movimento, também pode ser muito importante no lado psicológico.

Para alguns estudiosos a técnica pode parecer alternativa demais para os padrões da psicologia e da psiquiatria convencionais, mas já começa a ser utilizada e os primeiros resultados positivos já começam a aparecer.

Focada nos movimentos do corpo humano com o objetivo de compreender quais são as forças que agem sobre o corpo, a ciência tem a intenção preventiva do equilíbrio, marcada por uma abordagem holística, funcionando como uma terapia alternativa que visa proporcionar harmonia e equilíbrio físico e psíquico.

O interesse neste segmento deu origem a chamada psicocinesiologia, fundada pelo médico Dietrich Klinghardt, dos Estados Unidos. A técnica é focada nos métodos mais eficientes da cinesiologia para a dissolução dos bloqueios emocionais.

Sua aplicação baseia-se, sobretudo, aos sofrimentos psicossomáticos e representa uma engenhosa terapia das mais diferentes enfermidades ou sofrimentos psíquicos.

O fundamento da psicocinesiologia é a descoberta dos “dogmas agravantes” e a produção dos “dogmas libertadores” nos pacientes. Além disso, distúrbios psíquicos são desligados por meio do método de acupressura de batidas e de movimento dos olhos associados com óculos coloridos.

Para verificar, por meio da cinesiologia, se o paciente está sofrendo algum tipo de distúrbio psíquico foram definidos os testes das sobrecargas emocionais, que visam descobrir a existência no paciente de alguma regulação bloqueada ou aberta.

O diretor-presidente do Ibrace – Instituto Brasileiro de Cinesiologia Aplicada e Educacional – Geraldo Moreira Vale é um dos que acredita que para chegar aos resultados satisfatórios e harmonizar os desequilíbrios energéticos de ordem física é necessário desbloquear problemas de fundo emocional que atrapalhem a harmonização.

Existem casos como o da psicóloga Enilda Poitevin, que início dois módulos do curso de cinesiologia aplicada e conseguiu liberar as cargas emocionais negativas contidas, segundo ela, em sua criança interior. A psicóloga trabalhou toda a carga negativa de sua infância sofrida através da cinesiologia e aprovou os resultados.

Bibliografia

DOBLER, Günter. Cinesiologia – Fundamentos, Prática e Esquemas de Terapia. Editora Manole, 2003

www.ibrace.com.br – Portal do Instituto Brasileiro de Cinesiologia Aplicada Educacional

Comentários

Deixe uma resposta