Universidade do Futebol

Geraldo Campestrini

16/07/2015

A importância de falar com o fã

Como é importante falar com os consumidores! E não só falar, mas também ouvir e manter vivo um canal de diálogo positivo. Eis uma premissa básica no ambiente do marketing que muitas vezes é negligenciada na nossa ainda incipiente experiência de fazer marketing esportivo no Brasil.

Mas na última semana o Paraná Clube nos brindou com um belíssimo exemplo de como é possível trabalhar uma comunicação simples e criativa e que gerou uma ótima repercussão tanto entre torcedores do próprio clube quanto de clubes rivais.

A de maior destaque é a que se resume na imagem abaixo: 

O amparo da ação foi pautado no desempenho esportivo do clube. A atitude do Paraná foi buscar, de forma muito transparente, uma melhor relação com o seu torcedor – inclusive, relatou detalhes sobre questões de gestão pelas quais o clube está passando. E o mais interessante é que, pela forma como foi tratado o assunto, o tema que veio à tona foi muito bem recebido pela grande maioria das pessoas.

Logicamente, a estratégia não se reduziu a uma única ação. Ela está lastreada em um processo de comunicação bem interessante e merece ser visitado. A forma como o perfil do clube no Facebook aborda os diferentes temas e fala com o seu fã é um modelo que merece uma atenção especial.

Como lição, o exemplo do Paraná Clube é só um retrato da necessária mudança pela qual o futebol (e, certamente, o esporte também) no Brasil precisa passar: falar efetivamente com o consumidor. Este é o pilar básico para que um ciclo virtuoso de sucesso comece.

Patrocinadores, Veículos de Mídia e até o Governo precisam se aproximar e conversar com as pessoas! O esporte é, sabidamente, um excelente meio para isso. A relação com a indústria passará a ser sólida à medida que as entidades esportivas melhorarem suas estratégias de comunicação e passarem a atingir o alvo em quantidade e qualidade. Eis o principal (embora percebido tardiamente) desafio!

Comentários

Deixe uma resposta