Universidade do Futebol

Cespef

14/09/2010

Análise quantitativa de gols no Campeonato Brasileiro de 2006

RESUMO

O futebol é um jogo interessante, onde durante uma temporada anual, alguns clubes chegam a realizar perto de 75 partidas. Os resultados de pesquisas científicas tem mostrado, que ao utilizar exercícios específicos, pautados em dados quantitativos dos elementos do jogo de futebol, o treinador consegue fazer com que os atletas alcancem uma melhor performance técnica. Esse estudo pretende dar subsídios para treinadores e profissionais da área a darem ênfase nos treinamentos técnicos de suas respectivas equipes.

Participaram da coleta de dados 03 (três) acadêmicos de Educação Física, cada qual responsável por uma função. Esse trabalho teve como principal objetivo analisar quais tipos de finalizações originaram mais gols no Campeonato Brasileiro de 2006, através de material iconográfico.

O presente trabalho trata-se de um estudo original de campo com uma análise quantitativa de dados, sendo uma pesquisa comparativa de gols. Foram analisados 1030 gols do Campeonato Brasileiro da série A de 2006, em um total de 100%. Os resultados apresentados mostram que o percentual de gols com bola em jogo é de 69% bem mais alto que o de bola parada que é de 31%.

Através dos resultados pode-se concluir que a maior parte dos gols foi proveniente de jogadas tramadas (bola em jogo), por outro lado observou-se que muitas partidas vêm sendo decididas em bola parada; com isso a análise pode contribuir para os clubes darem ênfase nos treinamentos específicos de bola parada, visando ainda um melhor desempenho.

Para ler o artigo na íntegra, clique aqui.

Comentários

Deixe uma resposta