Universidade do Futebol

NUPEF

02/01/2013

Avaliação do comportamento tático no futebol

Quando acompanhamos uma partida de futebol, diferentes questões surgem na tentativa de definir qual componente do jogo será determinante para uma vitória. Para tal, estudos atuais buscam entender e explicar de qual forma as componentes físicas, técnicas, táticas e psicológicas interferem no rendimento de um jogador.

De acordo com o que vem sendo proposto pela literatura, os primeiros problemas enfrentados pelos jogadores são de natureza tática. Com isso, a importância da componente tática e o seu entendimento para o jogo vem sendo destacados como um dos principais diferenciais para o sucesso dos comportamentos executados pelos jogadores (Memmert; Roth, 2007).

Desta maneira, a melhoria da capacidade tática na "leitura de jogo" irá influenciar os comportamentos dos jogadores na ocupação e/ou na criação de espaços para os companheiros, relacionando-se diretamente com o objetivo do jogo de futebol (Garganta, 2001; Gréhaigne; Caty; Godbout, 2010).

Sabe-se, que no futebol existem duas fases que estão ligadas aos objetivos do jogo e aos comportamentos táticos dos jogadores, a defensiva e ofensiva. Nestas duas etapas, os jogadores buscam realizar os princípios táticos de um jogo de futebol, na tentativa de proporcionar superioridade numérica, evitar a igualdade e não permitir a inferioridade numérica. Como consequência, evitar levar gols, recuperar e manter a posse de bola, criar situações ofensivas em busca da marcação de um gol e, consequentemente, obter a vitória para a equipe.

Para tal, a identificação dos comportamentos táticos realizados pelos jogadores em suas ações, torna-se fundamental para a melhoria de suas capacidades táticas. As informações recolhidas através das avaliações dos comportamentos táticos são importantes para a evolução dos jogadores e fundamentais para a formação de jovens talentos. Os resultados encontrados em testes desta natureza auxiliam na organização dos treinos e na transmissão de estímulos adequados para o desenvolvimento da dinâmica de jogo.

Dentre alguns testes que avaliam a componente tática, o Sistema de Avaliação Tática no Futebol (FUT-SAT) (Teoldo et al., 2011) permite avaliar o comportamento e o desempenho tático dos jogadores de futebol, através de um teste em formato de jogo reduzido (goleiro + 3 vs 3 + goleiro).

Com os resultados obtidos através da identificação oferecida pelo FUT-SAT, pesquisadores do Núcleo de Pesquisa e Estudos em Futebol da Universidade Federal de Viçosa (NUPEF/UFV) estão desenvolvendo estudos com o intuito de avaliar o comportamento tático em diferentes situações. Algumas das pesquisas em andamento estão relacionando o desempenho tático dos jogadores com a aplicação da regra do impedimento e com a posição dos jogadores em campo. Outras estão verificando as influências táticas de coringas nos jogos reduzidos e a relação de processos cognitivos com a efetividade dos comportamentos táticos desempenhados em campo.

Espera-se que os resultados obtidos através destas pesquisas forneçam indicações para o treino e ajudem os treinadores a direcionar as suas intervenções para a maximização das potencialidades dos jogadores e a redução das suas limitações.

Os interessados poderão acompanhar estes trabalhos por meio do link http://www.nucleofutebol.ufv.br

Referências bibliográficas:

GARGANTA, J. A análise da performance nos jogos desportivos: revisão acerca da análise do jogo. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto, v.1, p.57-64. 2001.

GARGANTA, J.; PINTO, J. Contributo da modelação da competição e do treino para a evolução do nível do jogo no futebol. In: J. Oliveira e F. Tavares (Ed.). Centro de Estudos dos Jogos Desportivos FCDEF-UP, 1995.

GRÉHAIGNE, J.-F.; CATY, D.; GODBOUT, P. Modelling ball circulation in invasion team sports: a way to promote learning games through understanding. Physical Education & Sport Pedagogy, v.15, n.3, p.257-270. 2010.

MEMMERT, D.; ROTH, K. The effects of non-specific and specific concepts on tactical creativity in team ball sports. Journal of Sports Sciences, v.25, n.12, p.1423-1432. 2007.

TEOLDO, I.; GARGANTA, J.; GRECO, P. J.; MESQUITA, I. Princípios Táticos do Jogo de Futebol: conceitos e aplicação. Revista Motriz, v.15, n.3, p.657-668. 2009.

TEOLDO, I.; GARGANTA, J.; GRECO, P. J.; MESQUITA, I.; MAIA, J. Sistema de avaliação tática no futebol (FUT-SAT): Desenvolvimento e validação preliminar. Revista Motricidade, v.7, n.1, p.69-84. 2011.

Comentários

Deixe uma resposta