Universidade do Futebol

Gustavo Lopes Pires de Souza

12/06/2015

Cruzeiro é multado pela Conmebol

O Cruzeiro foi eliminado da Copa Libertadores pelo River, mas, fora de campo, seu departamento jurídico continua trabalhando. Isso porque o Clube foi denunciado em razão do laser lançado no rosto do Rogério Ceni pelos torcedores e pela utilização de fogos de artifício e fumaça colorida na partida contra o São Paulo, válida pelas oitavas de final da competição.

Naquela oportunidade, o clube mineiro promoveu festival pirotécnico no início da partida o que, segundo a Conmebol teria infringido o artigo 11, 2, “b”, do regulamento disciplinar da competição, que pune a equipe por comportamento de seus torcedores que prejudiquem o andamento da partida ou ascendam fogos artificiais ou outros objetos pirotécnicos.

A infração pode ser punida com perda de mando de campo, multa, advertência ou até mesmo eliminação.

Em defesa, o Cruzeiro argumentou que o espírito do regulamento disciplinar é impedir que torcedores, incapacitados para a utilização de artigos de pirotecnia, possam causar violência ou expor os presentes no estádio a situações de risco e que, no caso em questão, o “show” de fogos de artifício foi realizado por empresa especializada e contratada para este fim. Além disso, o regulamento proíbe o torcedor e não as equipes participantes.

Ora, o regulamento, de fato, prevê a responsabilidade dos clubes pelos atos de seus torcedores, mas não faz qualquer menção à proibição das equipes utilizarem fogos de artifício, fumaça colorida e outros artigos, até mesmo porque, neste caso, existe todo um aparato técnico e de segurança.

Diante disso, o Tribunal Disciplinar da Conmebol acatou parcialmente a defesa da equipe celeste e aplicou a pena de multa de aproximadamente cinco mil dólares, de certo, apenas em razão do laser lançado, eis que a íntegra da decisão ainda não foi divulgada pela entidade.

Insta destacar que, além de não proibir a orquestração de pirotecnias e outros efeitos nas partidas, a Conmebol deve incentivá-la, já que tais medidas, quando realizadas de forma organizada e dentro das melhores técnicas de segurança só tem a engrandecer o espetáculo.

A Copa Libertadores da América deve se mirar no exemplo dado pela Uefa Champions League que oferece ao torcedor um verdadeiro espetáculo a cada partida. 

Comentários

Deixe uma resposta