Universidade do Futebol

Artigos

01/08/2010

Entrevista: Mano Menezes – quarta parte

Por metodologia entende-se “o estudo dos métodos”. Ou então as etapas a seguir num determinado processo. O objetivo é captar e analisar as características dos vários métodos indispensáveis, avaliar suas capacidades, potencialidades, limitações ou distorções e criticar os pressupostos ou as implicações de sua utilização.

Além de ser uma disciplina que estuda os métodos, a metodologia é também considerada uma forma de conduzir a pesquisa ou um conjunto de regras para ensino de ciência e arte. O futebol brasileiro, então, possui a sua propriedade.
 


 

Para o treinador da seleção brasileira, Mano Menezes, não há um fator negativo em se buscar conhecimentos fora do Brasil para melhorarmos nossa metodologia de trabalho no futebol.
 


 

O grande pecado, sim, é simplesmente copiar um modelo, sem respeitar as particularidades sócio-culturais de cada linha de trabalho. “O que nos faltou durante muito tempo foi metodologia de treinamento. Trabalhamos muito de forma empírica, reproduzindo o que vivenciamos em determinado momento de nossa vida como atleta”.
 


 

Para haver um resgate da tradição e da essência do futebol brasileiro, que se construiu de maneira espontânea por intermédio dos jogos populares, disseminada em campos de várzea, praias e espaços urbanos improvisados, alguns tipos de intervenções são necessárias.

A retomada de um estilo próprio, plástico e refinado de jogar o jogo do futebol, aproximando-se do conceito artístico, está condicionada à criação de ambientes favoráveis e adequados capazes de provocar estímulos. Além de informações, os jovens deveriam ter facilitado o desenvolvimento de conhecimentos, atitudes e habilidades, resolvendo, por si só, as intempéries que surgem dentro e fora do campo.

No futebol profissional, algumas evoluções em termos de metodologia já podem ser observadas no próprio trabalho durante a pré-temporada, acredita Mano Menezes.
 


 

De acordo com o ex-comandante de Corinthians e Grêmio, o processo de integração de áreas deverá ocorrer de forma gradual aqui no país, assim como se deu no ambiente europeu.
 


 

Na última parte desta entrevista concedida por Mano Menezes à equipe da Universidade do Futebol, que vai ao ar nesta segunda-feira (02/08), o técnico revela o trabalho de media training realizado para se comunicar melhor com o público, a estratégia adotada para lidar com os ambientes interno e externo e suas formas de atualização profissional na carreira. Não perca!


 

Leia mais:
Entrevista: Mano Menezes – primeira parte
Entrevista: Mano Menezes – segunda parte
Entrevista: Mano Menezes - terceira parte
A trajetória de Mano Menezes, o novo treinador da seleção brasileira

Comentários

Deixe uma resposta