Artigos

15/01/2018

Ética na vida profissional do treinador

Resumo:

Este artigo tem a intenção de apresentar informações acerca da importância da ética para a vida profissional dos treinadores de futebol assim como a realidade em que ele esta inserido, objetivando informações de suma relevância para contribuir na construção ética no futebol. Mostrando conceitos e definições sobre assuntos relevantes que a ética propicia para o futebol.

Definindo a ética e descrevendo princípios que ajudarão a colocar em prática valores fundamentais para a carreira de um treinador de sucesso. O conceito de técnicos e dirigentes que querem enriquecer a qualquer preço e vencer a qualquer custo, não terá valor algum e nem mérito se não conter princípios éticos.

A ética busca estimular o senso crítico compreendendo que ganhar e perder faz parte do jogo, trabalhar em grupo desenvolvendo respeito, equilíbrio, tendo o mediador, como: professores, educadores físicos e treinadores responsáveis por transmitir virtudes e valores inegociáveis que não tem preço.

Desenvolvimento:

O comportamento ético não tem sido durante o passar do tempo uniforme, porém o que é ética?

Ética, palavra de expressão grega que entendemos como o interior de um ato executada em um juízo que indica a conduta sendo absoluta em qualquer lugar e tempo para qualquer grupo de pessoas. A ética aperfeiçoa as relações com toda a sociedade, palavra derivada de ethos hábitos dos homens, ela é uma parte da filosofia que lida com a compreensão dos princípios que sustentam a base de um indivíduo.

Para se trabalhar ética no futebol é preciso que o treinador seja uma pessoa ética, podendo então desenvolver conceitos a serem aplicados na vida com o intuito de construir líder e liderados com reflexão e crítica consciente da importância de uma vida digna para o meio esportivo. Nortear saberes e disciplinar com autonomia e atitudes de ser autor de um comportamento exemplar desportivo trás evolução pessoal dentro de qualquer realidade.

Valores inegociáveis que temos na vida, como o dos bons costumes que são universais, valores como respeito, honestidade e justiça não tem fronteiras, e conduz o mundo todo pelo mesmo caminho, o caminho da ética que garante credibilidade com os telespectadores e praticantes levando a importância do tripé formado acima que é de grande apreciação no futebol. Formar pessoas e consecutivamente grandes equipes necessita de transparência para fazermos do futebol um desenvolvimento social com ações ordenada e unido para levar justiça e honestidade.

Trabalhar o respeito entre os envolvidos seja nos aspectos recreativo ou de rendimento em um mundo competitivo como os dias de hoje, traz esperança. Há trinta anos, ética era somente vista nos bancos acadêmicos, hoje é necessário falar sobre ela e seus conceitos éticos desenvolvendo um mundo melhor de diferentes formas.

Realizar um futebol com ética é manter uma história, uma história de um país apaixonado de um povo sofrido aonde para muitos a alegria vem do esporte. Para manter sua regularidade foi constituído o código de ética no futebol que foi feito e desenvolvido para proteger e promover os interesses do jogo, objetivando valores que não podemos abrir mão, pois alguns valores quando se perdem se tornam prejudiciais para a relação com o meio esportivo.

Os avanços profissionais acontecerão de forma progressiva e preparatória, com estudos e experiências vivenciadas através de vitórias, derrotas, alegrias e decepções, contudo ao passar do tempo valores primordiais criam raízes que levará o profissional a um outro nível. Esses valores éticos como: honestidade, respeito, lealdade, justiça, compromisso e integridade formam uma estrutura essencial para a convivência entre direção, atleta e treinador.

Muitos dos valores dependem da conduta do treinador, sendo de vital importância que as ações e o comportamento do mesmo sejam claro e transparente, pois a instabilidade na profissão de treinador de futebol traz insatisfação aos profissionais que trabalham sob pressão e insegurança. O treinador de hoje é o ex-atleta de ontem, ao menos em grande parte, e este passa por diversas fases durante a carreira, vigie seus pensamentos e seja sempre otimista com suas atividades e lembre se seus pensamentos se tornarão ações no futuro. Seja ético.

Logo abaixo o quadro mostra as vantagens de um treinador ético e o antiético.

Quadro 1

Profissionais ético

Profissional antiético

Obrigações

Tem admiração

Desconfiança

Orientação técnica e tática

Aumenta o valor na marca

Credibilidade ineficiente

Assistência moral

Fortalece o relacionamento

Desvio de conduta

Zelar pela disciplina

Eficiente e produtivo

Mancha a imagem da empresa Manter sigilo profissional

Ser justo, é jogar justo. Este é o princípio de qualquer jogo propiciando ao esporte um ambiente agradável, transmitido de forma clara e sempre respeitando regras, tendo plena consciência que as coisas ficam mais fáceis e harmônica com ética.

Origem do futebol:

O futebol através de alguns estudos ideológicos, foi um jogo criado por cavalheiros. É um antigo jogo popular, isso em 1863 na Inglaterra, onde foi formada também a primeira associação de futebol que se tornaria o primeiro organizador do futebol. Foi inserido no Brasil por Charles Muller e o futebol passou a ser popular em todo mundo. O futebol conseguiu separar regras da sociedade e do jogo.

Materiais e métodos: 

Este estudo constitui de uma revisão de literatura realizada no mês de fevereiro do ano de 2017, no qual foi realizada pesquisa periódica em livros.

Considerações finais:

A importância da ética combate as diversas formas de corrupção e cria em atuais e futuros treinadores a concepção que a ética ajuda a pessoa a ser mais feliz no trabalho e na profissão, perdendo ou ganhando é consequência da vida, e lidar com esse tema com boa fé é de extrema importância para a empregabilidade do técnico de futebol.

A prática esportiva deve ser orientada pedagogicamente da melhor maneira possível, fortalecendo as relações éticas interpessoal. Em uma visão refinada deixamos claro que a formação profissional do treinador é importantíssima para o desempenho ético e sua estruturação profissional que acontece em tempo real. Os treinadores de futebol vêm se aplicando em busca de conhecimento, no Brasil existem cursos e palestra para a capacitação e qualificação específica que acontece através dos sindicatos que duram em média cinco dias e uma das principais matérias é sobre ética fundamental no futebol.

 

*Preparador físico = C. A. Lençoense – Marilia A.C – Noroeste E.C – Sertãozinho  – F.C – River Plate SE – Santa Cruz F.C – C.N Marcilio Dias – W. Connections Trinidad e Tobago

 

Referências Bibliográficas 

SPINOZA, Benedictus de. Ética. Tradução de Tomaz Tadeu. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2009.

PRONI, M.W. Ética e futebol no Brasil: argumentos para reflexão. Esporte e Sociedade. ano 2, n.5, mar/jun. p. 1 – 28, 2007.

SOARES, E. R. Educação física no Brasil: da origem ate os dias atuais. Revista Digital EFDeportes. Buenos Ayres. Ano 17, n. 169. 2012. Disponível em: acessado em 22 de fevereiro de 2017

ARRUDA, M.C.C. Código de ética: um instrumento que adiciona valor. São Paulo: Negocio Editora, 2002.

Comentários

Deixe uma resposta

Sobre a Universidade do Futebol

A Universidade do Futebol é uma instituição criada em 2003 que estuda, pesquisa, produz, divulga e propõe mudanças nas diferentes áreas e setores relacionados ao universo do futebol, enquanto atividade econômica e importante manifestação de nosso patrimônio cultural, nas dimensões socioeducativas e no alto rendimento, e que conquistou o reconhecimento e credibilidade da comunidade do futebol.

Cursos em Destaque

© 2016 Universidade do Futebol. Todos os direitos reservados.