Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Neste período de festas natalinas e virada de ano, quando fazemos inúmeras reflexões sobre o que já realizamos e a respeito dos projetos vindouros, reservei o espaço desta coluna para debater um pouco sobre as mudanças ocorridas no futebol alemão, inspirado sobretudo em reportagem publicada na edição de outubro da revista Sport Business International.

Os destaques a realizar em dois “capítulos” passam, no primeiro, por relatar a contribuição da Copa do Mundo de 2006 para o desenvolvimento do futebol local e, no segundo, por destacar a importância da organização e da boa governança em termos econômico-financeiros para sustentar o crescimento dos clubes e, consequentemente, da liga como um todo.

A reportagem da Sport Business relata como fundamental a entrega bem-sucedida da Copa do Mundo para o crescimento, tanto da primeira quanto da segunda divisão do futebol local. Pela remodelagem das arenas e a consequente melhora dos serviços de atendimento aos torcedores e ao cliente corporativo, a Copa foi capaz de trazer uma nova dimensão ao espetáculo.

O especialista em marketing esportivo Ulrich Roch descreve que nos últimos anos o futebol alemão viu crescer as receitas em patrocínio e exposição na mídia. E o continuísmo no pós-Copa esteve centrado na Liga Alemã de Futebol, na Federação Alemã de Futebol e na vinda de grandes estrelas do futebol local e mundial para atuar novamente na Bundesliga.

E o desenvolvimento contínuo para que haja crescimento ano a ano está centrado na criatividade e inovação para a oferta de serviços diferenciados para os torcedores dentro e fora dos estádios.

Fica aí um resumo dos principais fatores para a sustentação do posicionamento do futebol na Alemanha após a Copa do Mundo. Que o exemplo possa ser seguido aqui após 2014, valendo lembrar que a manutenção de um patamar de sucesso está centrada na profissionalização e na governança, que será relatado no primeiro texto de 2012.

Para interagir com o autor: geraldo@universidadedofutebol.com.br

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on pinterest

Deixe o seu comentário

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Mais conteúdo valioso