Universidade do Futebol

Artigos

08/04/2019

Futebol: dinheiro, trabalho ou sorte?

A temporada de 2019 chegou e com ela temos certeza que a valorização dos jogadores atingiu um novo patamar no futebol brasileiro com muitos times fazendo transferências milionárias. Na tabela abaixo podemos ver os gastos do futebol com jogadores da temporada atual com a temporada 17/18.

Dados encontrados no site www.transfermartk.pt

 

Esse crescimento não é acaso, o ano de 2018 teve equipes realizando vendas de valores altíssimos e o crescimento dos gastos está diretamente relacionado ao crescimento dos lucros com jogadores, com vendas como a do Vinicius Junior que sozinho bateu a marca dos 60 milhões de euros.

Se essas vendas de dezenas de milhões de euros se tornarem recorrentes no futebol brasileiro, o que os clubes farão com esse dinheiro?

O Flamengo que vendeu o Paquetá e o Vinicius Junior foi em busca de substitutos e contratou Arrascaeta e Vitinho, e gastando 25 milhões de euros nos dois, colocaram ambos no histórico de transferências mais caras da história do país. Parece lógico e um ótimo movimento, não é? Ganhou 100 milhões de euros com suas vendas e gastou 25 milhões com seus substitutos. Mas será que era necessário gastar esse dinheiro? Para ajudar na reflexão dessa resposta, traremos alguns dados e discussão.

 

Para ler o artigo na íntegra, clique aqui.

Comentários

  1. José Werley disse:

    Muito Bom esse seu material, interessante até para utilizar no ensino fundamental e ensino médio para discussões sobre o Futebol. Parabéns.

Deixe uma resposta para José Werley Cancelar resposta