Universidade do Futebol

Gustavo D’Avila

05/11/2015

Gerindo o hoje e o amanhã no futebol

Como ter foco para obter o melhor desempenho na reta final do Brasileiro e ao mesmo tempo executar ações de planejamento para 2016?

No momento em que faltam poucas rodadas para terminar o Campeonato Brasileiro, uma questão que se faz presente em praticamente todos os clubes: como ter foco para obter o melhor desempenho possível nas últimas rodadas e ao mesmo tempo já executar ações de planejamento para a próxima temporada?

Realmente, não é tarefa simples, ainda mais quando se necessita fortemente de ótimos resultados, seja para conseguir uma vaga na próxima Copa Libertadores da América ou para conseguir evitar o descenso e se manter na série A. Isso requer um esforço intenso e habilidades de gestão e liderança dos atuais gestores e comissão técnica, pois ao mesmo tempo em que se precisa manter o foco no agora, se faz igualmente necessário pensar em como será a execução do próximo ano.

Para tal, os profissionais envolvidos no esporte podem aliar duas estratégias para conseguir controlar e balancear a sua atuação em momentos como esse: administrar o tempo para se poder executar uma boa rotina de planejamento estratégico, visando a próxima temporada, e desenvolver uma inteligência emocional adequada para lidar com o processo de liderar o momento atual.

A capacidade de orquestrar essas questões pode ser a alavanca para ultrapassar momentos como este, onde o hoje e o amanhã estão sensivelmente envolvidos e impactando tudo ao redor dentro de um clube de futebol.

Sobre o simples fato de administrar bem o tempo dos gestores esportivos, isso parece uma demanda até certo ponto simplista e cotidiana, mas em geral todos nós somos ineficientes nesta gestão do tempo. Os gestores podem ter uma maior compreensão sobre como utilizar melhor as 24h que se possui do dia, pois no fundo não controlamos o tempo, mas sim as atividades e ações que podemos executar com o tempo que temos disponível.

Sendo assim, como dica para uma melhor gestão das atividades no tempo, algumas atividades são importantes:

  • Priorizar a execução das ações de grande importância e impacto em relação aos objetivos que deseja conquistar;

  • Procurar executar aquelas que geram impacto mínimo aos objetivos, mas que podem causar inconvenientes;

  • Em última ordem de prioridade, ter consciência sobre aquelas que caso não sejam efetuadas, não existirão impactos em relação aos objetivos, sendo que para estas duas tratativas podem ser efetuadas:

    • Avaliar aquelas que são possíveis serem delegadas à outra pessoa;

    • Eliminar temporariamente as atividades que não trazem nenhum benefício aos objetivos atuais.

Assim, todo gestor tem a possibilidade de realizar uma boa gestão do tempo e conseguir atender aos desafios em momentos em que se exige cuidado e atenção com o momento atual do clube e a próxima temporada.

Até a próxima.

Comentários

Deixe uma resposta