Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Há quase 30 anos, em 1992, no programa Roda Viva, o treinador Telê Santana foi questionado se abriria mão de suas convicções para ter um resultado melhor do que na Copa do Mundo de 1982.

A resposta foi genial, empolgante e inspiradora. Ele levantou uma discussão que, por incrível que pareça, ainda é muito atual: jogar bonito x jogar bem.

É improvável que o jogar bonito esteja divorciado do jogar bem, não podem entrar em discussão, pois andam de mãos dadas o tempo todo.

É muito importante que as pessoas consigam entender que o jogar bonito e bem tem uma única e exclusiva intenção: vencer.

A seleção brasileira de 82 apresentava características de um jogo belo e eficiente, que controlava o jogo através da posse de bola, que construía com passes curtos e que trocava de posições para envolver os adversários. Havia muito espaço para a manifestação da técnica, da inteligência, do improviso e da intuição. Ter a bola como aliada, além de aproximar das vitórias, alimentava em todos um sentimento de prazer e satisfação. O resultado não deveria vir a qualquer custo!

O mestre Telê, a partir das suas convicções, criava um ambiente que permitia o protagonismo dos jogadores, proporcionando aos mesmos a liberdade necessária para que pudessem se expressar com a bola e tomassem a iniciativa do jogo.

Posto isso, deixamos as seguintes reflexões:

Que tipo de jogo você persegue?
O futebol do resultado a qualquer custo que, muitas vezes, empobrece o jogo, te consome?
Será que se o jogo de uma equipe se aproximar do belo irá se distanciar das vitórias?

Sobre o autor

Júlio Neres é treinador de futebol com as licenças C e B pela CBF e nível 1 pela UEFA e analista de desempenho pela CBF. Graduando em Educação Física e coordenador técnico da PSG Academy – Salvador.

Acompanhe o Júlio Neres no Instagram.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on pinterest

Deixe o seu comentário

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Mais conteúdo valioso