Universidade do Futebol

Gustavo D’Avila

02/07/2015

Mentalidade para vencer

Após nova eliminação da seleção brasileira de futebol de uma importante competição continental, muito se fala novamente sobre falta de talentos ou sobre decadência do futebol brasileiro.

De fato, se formos observar pelo lado dos resultados em relação as conquistas de títulos das últimas competições disputadas, realmente estamos deixando de performar como gostaríamos e de acordo com o material humano que possuímos em mãos. É fato que muitas seleções evoluíram técnica e taticamente, mas negar que possuímos um bom material humano para montar uma seleção de destaque pode ser uma avaliação superficial e preliminar sobre as necessidades atuais do futebol brasileiro.

Sim, acredito que possuímos material humano valioso no futebol brasileiro, ou alguém discorda que nossos atletas de ponta estão nos maiores clubes do mundo e disputam de forma recorrente os maiores campeonatos de futebol do planeta? Se os fatos nos demonstram que muitos destes atletas estão bem preparados em seus clubes para enfrentar os desafios do futebol atual, por qual motivo na seleção brasileira o mesmo não acontece.

Tenho a crença de que muito se faz necessário melhorar na gestão do nosso futebol dentro e fora de campo, mas não concordo com a contínua abordagem da falta de talento.

Penso ser necessário o desenvolvimento de uma mentalidade vencedora nos atletas que frequentam a seleção brasileira de futebol. Mentalidade talvez bem desenvolvida em seus respectivos clubes onde muitos desfilam de forma confiante o seu melhor desempenho no futebol. E o preparo mental adequado pode contribuir para a volta desta mentalidade vencedora.

É importante compreender que existe grande diferença entre falar sobre aquilo que se deseja fazer e estar mentalmente preparado para fazê-lo. Atualmente é fato que o preparo mental tem relação direta com a manutenção de uma atitude positiva frente aos desafios, permanecendo concentrado, persistentemente e totalmente comprometido em agir conforme as suas intenções.

Para voltarmos a obter a excelência precisamos que nossos atletas estejam mentalmente preparados para agir de forma concentrada e decisiva durante sua atividade profissional. Agir decisivamente todos os dias é essencial em treinos e nas situações de jogo, apenas a ação concentrada levará o atleta aos melhores resultados e a atingir os seus objetivos. A excelência do desempenho evidencia-se quando o atleta ou grupo de atletas desejam estar em um determinado lugar, mais do que sentir que podem estar lá; ela acontece quando se escolhe realmente fazer algo, mais do que quando se sente forçado a fazê-lo; e quando se percebe mais oportunidades do que obrigações.

Para conseguir alcançar a excelência a qualquer momento, se precisa estar mentalmente preparado para pensar, se concentrar e agir com atitude positiva. Quando o atleta estiver mentalmente preparado ele vai achar mais fácil aprender as habilidades essenciais para o seu melhor desempenho, vai praticar essas habilidades até a perfeição e vai colocar em prática essas habilidades com eficácia, sob condições exigentes. Além de estar mais confiante em si mesmo para colocar em prática tudo que foi preparado em seu período de treinamento.

Assim amigo leitor, acredito que existe muito a se fazer para que possamos retornar aos gramados com postura e atitude vencedora e com isso voltar a apresentar um futebol digno de seleção brasileira, pentacampeã mundial de futebol.

Até a próxima!

Comentários

Deixe uma resposta