Universidade do Futebol

Ceaf

02/10/2008

O êxito no jogo através de estímulos da tomada de decisão

Muito se é cobrado dos atletas, em geral, uma intensidade de jogo alta em termos físicos, técnicos, táticos e emocionais. Dentro dessas quatro vertentes citadas, a cobrança tática é a mais exigida por treinadores, pelo fato de decidir resultados em flancos do campo, balanços ofensivos mal realizados ou basculações incorretas. Com freqüência, os treinadores buscam nos jogadores respostas no jogo, mediante os treinamentos que realizam durante a semana. Mas será que os mesmos são estimulados de maneira intensa e a abordagem dos princípios é questionada?

O nosso cérebro transmite mensagens que estão localizadas no córtex frontal (que retrata as intenções prévias) e que toma corpo de ação pelo córtex parietal (se entende como intenção em ação). A cada jogada executada, o atleta está transferindo informações pela qual foi trabalhada durante a semana ou até mesmo ao longo do ano. Portanto, o objetivo que o treinador quer ter como aquisição na partida deve ser estimulado no treinamento, corroborando a frase de José Mourinho que enfatiza: “Treino é jogo, jogo é treino”!

Fig 1. Desenho do cérebro ilustrando a intenção prévia pelo córtex frontal e a ação pelo parietal.

Assim, os elementos vivenciados no treinamento fazem com que informações específicas (nesse caso, os eventos que o treinador tem como objetivo em relação ao jogo) se estabeleçam no córtex frontal, de modo a se transformar em ação pelo córtex parietal. A tomada de decisão será realizada mais eficiente se os estímulos – entendam-se estímulos como informações dadas aos atletas, intensidade tática ou aquisição de conceitos vividos em outros períodos do processo de aquisição desses elementos -, durante o processo, forem intensos em todos os aspectos de adaptação.

As adaptações devem estar implícitas no dia-a-dia de treinamento, de modo que a abordagem feita pelos gestores de campo esteja sempre pautada à questão da imprevisibilidade de ações que podem ser executadas nas partidas que a equipe realizar. Sendo assim, serão formados jogadores mais inteligentes e formuladores de hipóteses que irão resolver os problemas que o jogo oferece.

Comentários

Deixe uma resposta