Universidade do Futebol

Biblioteca

15/01/2009

O futebol e seus fundamentos

Escrever um livro sobre futebol e publicá-lo no Brasil pode parecer, à primeira vista, algo insólito: um pouco como “ensinar o Pai Nosso a vigário”. Afinal, somos 110 milhões de técnicos. Não bastasse isso há os aforismos já consagrados, tão ao gosto da idiossincrasia nacional: “Deus é brasileiro”, “Dá-se um jeitinho”, “Quem é bom já nasce feito”, etc.

Contudo, o que se vê é bem diferente. Aforismos, sozinhos, não ganham Campeonatos Mundiais e a nacionalidade brasileira de Deus está cada vez mais discutível nesses tempos em que vivemos. Em outras palavras: “na prática às vezes a teoria é outra”.

Na hora de conferir, o “gringo” entra em campo e corre os noventa minutos, chuta com os dois pés, mostra-se flexível nos esquemas táticos, sabe cabecear, bater as faltas, joga duro, e até pode ganhar as partidas, como no Mundial de 1974.

Considerando tudo isso e, sobretudo refletindo sobre o momento atual do futebol mundial, é que Sebastião Araújo escreveu “O Futebol e seus fundamentos”.

Aí levanta aspectos de certa forma negligenciados: a insuficiente preparação física dos nossos atletas, a ausência de um treinamento sistemático para corrigir as inevitáveis deficiências técnicas de atletas que se formam nas peladas dos baldios, sem qualquer orientação, terminando por levarem algumas dessas deficiências para as equipes profissionais, nas quais já chegam “formados”.

Neste livro de grande importância para o futebol brasileiro, os exercícios físicos propostos são apresentados de forma clara e minuciosa, com esquemas gráficos ilustrativos e descrição dos seus efeitos.

A preocupação de Sebastião Araújo com a fusão entre as diversas preparações física-tática-técnica mostra que não se trata de livro de um mero professor de educação física. Mais que isso, é um livro de quem dedicou toda a sua vida ao futebol, seja como jogador profissional, técnico ou preparador físico.

Comentários

Deixe uma resposta