Universidade do Futebol

Artigos

11/12/2018

O processo de reconstrução da seleção de futebol dos EUA

A seleção americana de futebol masculino entrou em crise desde quando não conseguiu a classificação para a Copa do Mundo da Rússia. Desde então, muitas discussões e avaliações foram feitas pela Federação Americana (https://www.ussoccer.com/) mas até hoje, nenhum técnico foi anunciado após o pedido de demissão de Bruce Arena. No entanto no dia 6 de Junho a Federação Americana anunciou oficialmente a criação de um cargo novo de General Manager para sua seleção masculina (na verdade o anuncio da posição já havia sido feito em dezembro do ano passado). E a pessoa escolhida foi Ernie Stewart, ex-jogador da seleção e atualmente atua como diretor técnico do time Philadelphia Union da Major League Soccer (https://www.philadelphiaunion.com/). O ex-jogador tem descendência Holandesa e cresceu nesse pais.

Nessa posição Ernie terá a função de administrar todos os aspectos relativos a seleção nacional masculina, incluindo a recomendação para contratação do técnico novo (a decisão é feita por um comitê executivo). Ele terá também a função de consultor junto ao time principal e das categorias de base da seleção para formular um padrão de jogo uniforme a ser seguido em todos os times. Ernie também fará o trabalho de “scouting” de jogadores para todas as seleções, uma das reclamações feita desde a época de Jürgen Klinsmann como treinador. Segundo o consenso geral, os técnicos estavam falhando na tarefa de ficar de olho nos jogadores espalhados por um pais de dimensões continentais (inclusive jogadores com cidadania americana mas residindo no México e Canadá).

O que ainda não está muito claro é como será a dinâmica do dia a dia, uma vez sendo anunciado o nome do novo técnico. Por exemplo, como serão resolvidas divergências de escolha de jogadores, maneira do time jogar, etc.

Quando entrevistado, Ernie Stewart reiterou que o técnico terá autonomia e que a vontade é de anunciar o escolhido no período de tempo mais curto possível (há especulação que isso só será feito após a Copa do Mundo). Mas Ernie deixou claro que ninguém terá autoridade absoluta (incluindo ele) e que todos terão que entender que o gol de conquistar uma Copa do Mundo para os EUA é real e que o prazo para isso não poderá ser muito longo.

Como adendo, a Federação também anunciou a criação da posição de General Manager do time feminino, mas até agora não anunciou ninguém.

Comentários

Deixe uma resposta