Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Partindo da premissa de que a informação é a principal matéria-prima para a construção do conhecimento, e sendo a tecnologia o meio mais efetivo para o seu armazenamento, organização e tratamento, podemos imaginar que a informática possa representar um casamento bastante adequado para atingirmos tal objetivo.

A sociedade moderna tem sido a grande beneficiária do avanço tecnológico em seus mais diversos setores.

As crianças nascidas nos grandes centros já vêm ao mundo sob a guarda de um ambiente envolto em alta tecnologia, com a clara tendência de sua disseminação para os rincões mais modestos, fato esse que tende a propiciar a maior revolução da humanidade frente à transmissão da informação e a respectiva construção do conhecimento.

O tratamento mais fidedigno e aprimorado da informação está presente em todas as áreas da atividade humana, o que inclui as nossas tão apaixonantes atividades esportivas em suas mais diversas formas, seja nas iniciativas de massificação ou nos esportes de alto rendimento.

Falando mais especificamente dos esportes que exigem dos atletas um desempenho crescente, nos quais uma fração de segundo faz a diferença entre a vitória e a derrota, a tecnologia tem atuado fortemente, seja para tratar dados estatísticos do rendimento e dos posicionamentos do atleta e de seus adversários, seja para o conhecimento das capacidades orgânicas dos mesmos.

Temos presenciado em alguns esportes a intervenção da tecnologia nas decisões de lances polêmicos, em tempo real, e essa utilização parece ser a que suscita maior resistência, por parte das entidades esportivas, talvez por retirar do esporte as questões relativas às dúvidas e às discussões, que são reações que nos levam à paixão e nos deslocam da posição de meros espectadores para a de parte integrante da disputa, criando o sentimento de pertença, e esse sentimento é visto por muitos como o combustível para a manutenção e o crescimento dos esportes.

Aqui colocamos uma nova questão: esses sentimentos que priorizam a necessidade de inclusão serão suplantados pelo desejo de informações de maior qualidade e que retratem fielmente o resultado dos esforços dos atletas na busca de um objetivo? Isso representará uma mudança no estímulo à paixão?

Tenho a convicção que a nova geração vem com essa necessidade desencadeada pelo constante uso da tecnologia, e, portanto, será uma questão de tempo a incorporação gradativa de sua utilização em todos os esportes, inclusive no nosso apaixonante futebol.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on pinterest

Deixe o seu comentário

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Mais conteúdo valioso