Universidade do Futebol

Artigos

11/01/2013

Os diferentes tipos de pressão no futebol

Conceito de extrema importância no futebol, a pressão pode ser dividida em alguns tipos diferentes que fazem toda a diferença durante uma partida.

No futebol atual está se tornando cada vez mais comum ouvirmos, seja de treinadores, imprensa ou torcedores, a utilização de conceitos para explicar a atuação das equipes durante uma partida. Um dos conceitos mais usados para explicar as ações da equipe durante um jogo é o da pressão.

Algo muito comum durante o jogo é ouvir determinada pessoa dizer: "a equipe X está fazendo pressão em determinada equipe". Mas antes de dizer isso, para a análise se tornar mais correta, é muito importante responder a seguinte questão: que tipo de pressão determinada equipe está exercendo?

O conceito de pressão é extremamente importante, mas para compreendê-lo totalmente, é preciso conseguir entender os diferentes tipos que formam sua totalidade: "meia-pressão", "pressão-bola", "pressão alta" e "pressão de ocupação".

Meia-pressão é aquela na qual a equipe que exerce a pressão coloca-se inteira atrás do meio de campo, (em geral, os atacantes são os primeiros da equipe e ficam na linha do meio), buscando roubar a bola apenas após o círculo central. A meia-pressão tem como vantagem facilitar a compactação defensiva da equipe e diminuir os desgastes físicos da equipe (esse tipo de pressão é muito usada no segundo tempo quando as equipes estão desgastadas fisicamente).

Pressão-bola é aquela na qual a bola é o referencial para exercer a pressão, ou seja, a equipe sempre busca pressionar de acordo com o posicionamento da bola. Assim, o jogador mais próximo da bola é o responsável por exercer a pressão, e o resto da equipe se coloca de acordo com a situação.

O principal ponto positivo desta pressão é a possibilidade de estar sempre próximo da bola com chance de roubá-la, enquanto a parte ruim é a dificuldade da equipe alterar o posicionamento a cada movimento da bola, o que pode gerar muitos espaços se a movimentação do time não for rápida e muito bem organizada.

A pressão de espaço é aquela pela qual a equipe busca adiantar os jogadores para o campo de ataque, mas apenas no intuito de ocupar espaços no campo ofensivo sem nenhuma preocupação com a bola num primeiro momento. O ponto forte desta pressão é que, com uma ocupação bem feita, a equipe tira espaços da saída de jogo (transição defesa-ataque) do adversário, induzindo o mesmo a errar na saída de bola e assim permitindo a equipe roubar a bola no campo ofensivo.

Já o ponto fraco é que, com o avanço de vários jogadores ao campo ofensivo, a equipe que exerce a pressão dá mais espaços no campo defensivo, principalmente, para um lançamento longo já que a primeira linha da equipe que exerce a pressão está adiantada.

Por fim, a pressão alta acontece quando a equipe se lança totalmente ao campo ofensivo de maneira agressiva em busca da bola, pressionando o time contrário. O ponto forte é que, se a bola for roubada, a equipe terá uma iminente chance de gol, enquanto o ponto fraco é a desorganização tática.

Agora, acredito que podemos, a partir destes conceitos, entender o conceito de pressão na sua totalidade.

Comentários

Deixe uma resposta