Universidade do Futebol

Biblioteca

14/03/2012

Periodização Tática: o futebol arte alicerçado em critérios

Ao fazer o mesmo que os outros chegaremos, no máximo, ao mesmo lugar que eles… Foi pensando dessa forma que os criadores da Periodização Tática desenvolveram essa etodologia que vem trazendo tantos avanços para o futebol. Times que a vêm adotando têm sido extremamente bem-sucedidos e estão no que se pode chamar de vanguarda do futebol mundial.

Treinadores que se identificaram com a técnica vêm colhendo frutos altamente positivos e reveladores. A Periodização Tática alia a arte do futebol com o embasamento técnico-científico que há por trás de toda metodologia vencedora.

“Parabéns ao Bruno, pela excelente obra realizada, já que conseguiu exprimir exatamente aquilo que eu penso do futebol. Posso dizer que aprendo muito com estudiosos do futebol como o autor desta obra. E, principalmente, parabéns ao (Vítor) Frade, que apesar de não conhecer pessoalmente já desenvolvi uma admiração por toda esta engenhosa metodologia que brotou da cabeça dele!” – Muricy Ramalho (treinador de futebol).

Sumário

Parte 1 | Fundamentos Teóricos

Introdução
1 A ruptura
2 Visão sistêmica e futebol
3 Teoria do caos e futebol
4 Modelo e princípios de jogo
5 Aprendizagem dos princípios de jogo
6 Fatores neurobiológicos da tomada de decisão
7 Conectividade cerebral, hipótese do marcador somático e hábitos
8 Criatividade e futebol
9 Periodização Tática no futebol

Parte 2 | Aplicabilidade da Periodização Tática

10 Modelo de jogo perspectivado
11 Morfociclo de treino – exercícios práticos
12 Considerações finais
Referências
Glossário
Anexos

Sobre o autor

É graduado em Esporte pela USP; prêmio mérito acadêmico como melhor aluno da turma. Especialista em Fisiologia do Exercício pelo CEFE-UNIFESP e MBA em Gestão e Marketing Esportivo pela TREVISAN – Escola de Negócios.

Iniciou no futebol em 2006 com estágio no FC Porto, como estudante em intercâmbio entre a EEFE-USP e a Faculdade de Desporto da Universidade do Porto. Ao regressar ao Brasil, em 2007, ingressou como estagiário no antigo PAEC, hoje Audax São Paulo Esporte Clube.

Em 2008, foi efetivado como auxiliar técnico/preparador físico do Sub-15 e fisiologista geral do projeto. E em 2009, ascendeu à Categoria Juniores do mesmo projeto. Atualmente, é auxiliar técnico/preparador físico da Categoria Profissional do Audax São Paulo Esporte Clube. Além do futebol, tem paixão por outra arte, o jiu-jítsu, modalidade pela qual é graduado faixa preta.

Comentários

Deixe uma resposta