Universidade do Futebol

Artigos

09/09/2019

Renato Gaúcho – Sombra para o Tite?

Após se consagrar atuando no clube gaúcho, Renato Portaluppi registrou seu nome na história do Grêmio ao ser o principal nome em 1983 na conquista do título mundial.

O histórico do treinador acumulava Copa do Brasil de 2016, Copa Libertadores de 2017, Recopa Sul-Americana de 2018 e agora trouxe mais um caneco para o clube: o 38º título gaúcho do Grêmio e de maneira invicta. Esta campanha ainda foi efetuada de forma vitoriosa sofrendo apenas um gol na competição – quebrando assim o recorde no campeonato.

Com passagens como técnico por Madureira, Fluminense e Athlético-PR, o técnico conseguiu se firmar, no ano de 2016, na equipe gaúcha e segue até os dias atuais no comando da equipe.

Perdendo apenas para Mano Menezes (Cruzeiro), o treinador acumula quase mil dias no comando técnico do clube. Este feito é raro na elite do futebol brasileiro, onde a média de permanência é em média de apenas seis meses.
O que credencia Renato a postular vaga na Seleção Canarinho, quiçá à frente de Mano Menezes? O técnico cruzeirense já dirigiu o Brasil recentemente, e dar uma oportunidade ao técnico do Grêmio seria uma aposta no trabalho de transição de plantel que ele tem feito desde sua chegada ao clube.

O técnico já perdeu peças, tais como: Pedro Rocha (atacante que atualmente está no Cruzeiro), Arthur (meio-campista que atualmente defende o clube espanhol Barcelona) e Marcelo Grohe (goleiro que atualmente joga pelo clube saudita Al-Ittihad e foi responsável por uma defesa magnífica contra o equatoriano Barcelona de Guayaquil pela partida de ida da semi-final da Libertadores de 2017), mas conseguiu manter o elenco competitivo e vitorioso.

Nosso atual comandante, Tite tem a Copa América em breve para pôr suas ideias à prova, mais uma vez no comando da Seleção Tupiniquim. Caso venha a obter parcos resultados e o futebol apresentado seja infrutífero, certamente o nome de Renato deve postular como um dos substitutos e aspirantes ao “boné” de professor da Amarelinha.

 

Comentários

  1. Ale disse:

    Renato Gaucho é um ótimo treinador, mais na minha opinião ainda tem que galgar mais para poder assumir a Seleção Brasileira, não que ele não tenha condições para isso, mais acho que deve estudar um pouco mais, não é só com conhecimento em campo que se pode montar uma equipe para determinada partida, vai chegar um momento que as ideias irão faltar por parte de conhecimento teórico. Bom penso dessa forma.

  2. Reinaldo da Silva Varjão disse:

    Este é o único que Renato Gaúcho fez um trabalho que merece elogios. O trabalho desta equipe do Grêmio foi iniciado por Roger. Este ano o grupo dá sinais de decadência e Renato tem demonstrado ter um repertório curto para soluções durante o jogo. Quando se compara o trabalho dele com de Jesus e Sampaoli, fica claro que Portalupe precisa evoluir muito para ser considerado um treinador a novel de Seleção Brasileira.

Deixe uma resposta