Colunas

28/02/2017

A águia de Lisboa

Durante a década de 60 o Sport Lisboa Benfica foi o maior clube europeu, e hoje completa 113 anos de história

Hoje, dia 28 de fevereiro, o Sport Lisboa Benfica completa 113 anos. Conquistou o topo do futebol português na década de 50 e 60, desbancando o seu rival Sporting, clube mais popular nos primórdios do futebol local.

Não é exagero também dizer que o Benfica foi o maior clube europeu durante a década de 60. Após 5 conquistas consecutivas do Real Madrid nas 5 primeiras edições da Liga dos Campeões da UEFA iniciada na temporada 1955-56, o Benfica reinou nos anos 60 ao conquistar o bicampeonato e ser vice-campeão em outras três edições.

Liderados por Eusébio, o maior ídolo da história do clube, o time era composto somente por jogadores nascidos em Portugal ou nas colônias portuguesas. Grandes expoentes desse time nasceram na África. Eusébio e Mário Coluna em Moçambique, José Águas em Angola. O Benfica também foi a base da seleção portuguesa que participou da Copa de 1966 e terminou em 3º lugar.

Para um país pequeno como Portugal, com pouco mais de 10 milhões de habitantes, ter clubes tão representativos na história do futebol europeu é motivo de grande orgulho para o seu povo. Além do Benfica, o Porto também já conquistou o maior torneio da Europa por duas vezes e o Sporting orgulha-se de ser o único time do mundo a formar até hoje em sua base dois jogadores eleitos como melhores do mundo pela FIFA, sendo eles Luís Figo e Cristiano Ronaldo.

Estima-se que os encarnados, como são chamados carinhosamente por seus “adeptos” (torcedores), possuam cerca de 5 milhões de torcedores em Portugal, apesar do crescimento do FC Porto a partir de meados da década de 80. Segundo relatório da UEFA divulgado em 2012, o Benfica era o clube europeu com maior percentual de torcedores concentrados em um país, representando 47% dos cidadãos portugueses.

Um número que impressiona bastante diz respeito à quantidade de sócios do clube. Em 2014, foi divulgado inclusive pela FIFA, que o Benfica era o clube com maior número de sócios do mundo, alcançando a marca de 235.000 sócios. Por regra estatutária do clube que obriga a realizar a revisão dos sócios adimplentes a cada dez anos, esse número caiu para os atuais 157.000 sócios, colocando o clube em 3º lugar, atrás de Bayern de Munique e Arsenal. Apesar dessa queda, o número surpreende para um clube situado em um país de pequenas proporções e também por não ter o alcance global de outros gigantes bilionários europeus como Barcelona, Real Madrid, Manchester United, Liverpool ou PSG.

O Benfica faz parte dos clubes patrocinados pela companhia aérea Emirates Airlines, ao lado de Real Madrid, Arsenal, Milan, PSG, Hamburgo e Olympiacos. Uma das ativações mais criativas e que alcançou uma enorme repercussão ao redor do mundo foi feita entre a patrocinadora e o Benfica. O vídeo está disponível no final dessa publicação.

Portugal já foi um país com grande protagonismo na história mundial ao ser a maior potência econômica e política nos séculos XV e XVI durante a Era dos Descobrimentos e Grandes Navegações. A força da marca Benfica, ao lado de seus dois principais rivais lusitanos, também representa o orgulho de uma nação de dimensões pequenas, mas de uma força gigantesca. O escudo do clube, com a águia de asas abertas significa exatamente a autoridade, a força, a vitória e o orgulho de seu povo.

Comentários

Deixe uma resposta

Sobre a Universidade do Futebol

A Universidade do Futebol é uma instituição criada em 2003 que estuda, pesquisa, produz, divulga e propõe mudanças nas diferentes áreas e setores relacionados ao universo do futebol, enquanto atividade econômica e importante manifestação de nosso patrimônio cultural, nas dimensões socioeducativas e no alto rendimento, e que conquistou o reconhecimento e credibilidade da comunidade do futebol.

Posts Recentes

Cursos em Destaque

© 2016 Universidade do Futebol. Todos os direitos reservados.