Artigos

17/02/2017

Análise conceitual

Os gols da partida entre Paris Saint Germain vs Barcelona

Olá a todos! A análise de desempenho vem tendo um crescimento muito importante e sendo indispensável para qualquer clube em busca de seus objetivos (formativo – estratégico). O suporte dado por imagens e dados estatísticos são imprescindíveis para todo o staff técnico na programação de qualquer ciclo de treinamentos.

Iremos analisar lances e gols da Champions League 2016/2017 com base em conceitos e princípios. Por meio das definições de alguns termos podemos identificar padrões e comportamentos táticos individuais, de setor e coletivos. Seguem abaixo as definições que servirão de base para nossa análise:

Tática Coletiva: Movimento pré-determinado e organizado de dois ou mais jogadores de um setor ou de toda a equipe com objetivo ofensivo ou defensivo.

Princípios em fase de posse de bola

Distribuição: número de jogadores como possíveis linhas de passe em diferentes posições; dois ou mais jogadores na mesma linha horizontal do campo diminuem a possibilidade de linhas de passe e conquista do espaço do campo.

Verticalização: procura da profundidade através de um passe, um lançamento, condução

Amplitude: utilização dos espaços horizontais de campo em qualquer zona e fase de jogo, para conquistar espaço e aumentar distância entre jogadores adversários.

Mobilidade: movimento dos jogadores dentro de um sistema dinâmico conceitual ou combinado para não dar referência ao adversário

Imprevisibilidade: capacidade de criar desequilíbrio na equipe adversária com diversas soluções ofensivas. Não entende- se imprevisibilidade como improvisação

Princípios em fase de não posse de bola

Distribuição: ocupação dos espaços dos jogadores nos setores (diagonal, triangular, horizontal) de acordo com a zona de campo, adversário e proteção do próprio gol para não permitir a conquista do espaço.

Retardamento: ação com intuito de retardar a progressão adversária visando a reorganização e maior equilíbrio da equipe ou setor.

Densidade: maior concentração possível de jogadores em zona da bola para maior cobertura dos espaços e raio de ação

Equilíbrio: manutenção da condição numérica nos setores com superioridade ou igualdade através da distância entre os jogadores do setor e entre setores (compactação)

Controle: capacidade de escolha em definir se/como intervir (retardamento, pressing, marcação, cobertura).

Técnica – Tática individual

A execução de um gesto ou movimento se encaixa no contexto técnico. A escolha de um gesto ao invés de outro, para uma determinada finalidade ou efeito, se encaixa no contexto tático.

A partir destas definições vamos analisar dois gols que a equipe do Barcelona sofreu contra o PSG, pelas oitavas de final da UEFA Champions League.

Análise Gol – Draxler (a partir 2’:52’’ do vídeo)

Barcelona:

Posse de Bola

Início da ação com comando e verticalização (condução) de Piquet. Busquets entra na linha defensiva para dar cobertura (equilíbrio) enquanto os laterais sobem em amplitude; Piquet passa para Messi, que na zona central do campo, perde um duelo 1vs1 dando a possibilidade de uma transição ofensiva adversária.

Não posse de bola

Transição negativa em inferioridade numérica (não em equilíbrio); realizam uma ação de retardamento até cerca dos 20-22 metros de distância do gol para que possam se reorganizar em linha com a entrada dos laterais.

Enquanto Sergi Roberto tenta velozmente entrar na linha no lado oposto, Jordi Alba começa sua ação de transição negativa atrasado (tática individual); quando a ação de retardamento chega ao ponto de intervenção, Jordi Alba não conseguiu chegar a posição necessária para intervir em tempo deixando o jogador adversário em uma situação de 1vs1 con o goleiro.

Análise Gol – Cavani (a partir 5’:57’’ do vídeo)

Barcelona

Não posse de bola

Marcação com pressão ofensiva (distribuição) na saída de bola adversária com seis jogadores; superioridade numérica do setor defensivo em sua linha 4×3 (equilíbrio); grande distância entre setores defensivos – meio campo e ataque; Neymar mantém alta distância com seu adversário de referência; sai em pressão ao adversário com ligeiro atraso e escolhe afrontar 1vs1 e vem superado; jogador adversário conduz verticalmente a bola criando igualdade numérica com a linha defensiva; ação retardamento da linha que vai até cerca de 30 mt do gol para diminuir distância entre jogadores na linha em proteção ao gol (equilíbrio);  Jordi Alba ao se reorganizar em linha com o setor, mantém uma distância maior em relação aos demais jogadores (tática individual); Piquet acompanha acertadamente o movimento de Cavani nas costas de Umtiti não conseguindo a intervenção ; passe que passa exatamente entre Umtiti e Jordi Alba que não consegue intervir na trajetória devido sua distância inicial.

Conclusão

Sabemos que o gol é um episódio muito raro dentro de todos os eventos que acontecem durante uma partida. Para que ocorra, tem que haver algum tipo de “erro” da equipe que o sofre. Será sempre uma sucessão de eventos coletivos e individuais dentro da mesma situação para que aconteça um gol.

Um dos intuitos da análise é conseguir compreender determinados comportamentos das equipes em posse e não posse de bola, para que sejam apresentados, discutidos, corrigidos ou reforçados com toda a equipe para auxiliar na programação de treinamentos.

Quais questões podemos refletir após estas análises? Devemos acrescentar ou retirar algo? A troca de informações e opiniões são essenciais para o crescimento do conhecimento.

Abraço!

Comentários

  1. Almir ramos disse:

    Boa noite ! quero ser seu amigo profissionalmente.

  2. Profile photo of auriluizzwesz auriluizzwesz disse:

    SOU AMANTE E ESTUDANTE DO FUTEBOL, GOSTARIA DE RECEBER ARTIGOS E OU MATERIAIS SOBRE FUTEBOL-GRATO.
    MEU E-MAIL: auriwesz@yahoo.com.br

  3. Boa tarde Bruno, gostaria de conversar com você depois sobre experiências. Segue meu email: joaopaulocastanheira15@hotmail.com

  4. Claudiane disse:

    Oi Bruno, é a Claudiane (Cal)…Adorei! Parabéns, quero receber suas publicações!
    dezica08@gmail.com

  5. Profile photo of Cristiano Cristiano disse:

    Olá Bruno, eu estou fazendo cursos voltados ao futebol; dentro deste âmbito, percebi que você é um profissional que esta apoiando pessoas interessadas a se integrar ao esporte. Visando isto gostaria de receber seus conselhos para me aperfeiçoar na área. Neste fim de ano pretendo ir à Portugal para estudar e trabalhar em algum clube de menor expressão, dando os meus primeiros passos na carreira de treinador.
    Meu email:
    anayse.vieira07@outlook.com

  6. Pedro Augusto disse:

    boa noite, Bruno! Estou pensando em dar os primeiros passos para iniciar uma carreira de analista de desempenho. Você pode me dar alguns conselhos? Será de grande ajuda. e-mail: pedroaugustofsj@icloud.com

Deixe uma resposta

Sobre a Universidade do Futebol

A Universidade do Futebol é uma instituição criada em 2003 que estuda, pesquisa, produz, divulga e propõe mudanças nas diferentes áreas e setores relacionados ao universo do futebol, enquanto atividade econômica e importante manifestação de nosso patrimônio cultural, nas dimensões socioeducativas e no alto rendimento, e que conquistou o reconhecimento e credibilidade da comunidade do futebol.

Posts Recentes

Cursos em Destaque

© 2016 Universidade do Futebol. Todos os direitos reservados.