As competências de um treinador de futebol

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade
A profissão de treinador de futebol, pelo seu destaque e importância não só no cenário esportivo, como também social, deveria exigir mais do que a maioria de seus representantes é capaz de demonstrar na prática.
 
Um bom profissional, para poder comandar competentemente um grupo de atletas e levá-los às vitórias e conquistas precisaria reunir algumas competências básicas.
 
Um treinador necessita, antes de qualquer coisa, conhecer mais do que todos os outros, as táticas de jogo a serem adotadas para a sua equipe, bem como saber como neutralizar as equipes adversárias. Para isso precisa estar antenado com tudo que ocorre a este respeito ao seu redor e no mundo do futebol de forma geral.
 
Ele tem que ter visão estratégica para além daquilo que acontece dentro de campo e saber planejar cuidadosamente seu trabalho, organizar palestras, atividades e observar tudo que possa interferir direta ou indiretamente na performance de seus atletas, de sua equipe e de seus adversários.
 
O treinador precisa conhecer não apenas as técnicas que favoreçam a aplicação de metodologias modernas e avançadas, como também necessita uma sólida visão de conjunto que permita através de diferentes ciências, e em especial as ciências humanas, interagir adequadamente com o ser humano que está por trás de cada atleta.
 
Um bom profissional, para ser completo, não pode prescindir de princípios éticos que balizem suas ações e coloquem limites na busca de resultados.
 
Mas a mais básica das competências de um treinador parece ser a liderança. Seja ela mais autocrática ou mais democrática, o fato é que sem comando para alimentar permanentemente uma visão de futuro que leve os atletas a buscarem metas cada vez mais exigentes, todas as outras qualidades correm o risco de serem anuladas ou ficarem em um segundo plano.
 
Treinador, portanto, deveria ser sinônimo de liderança.

Para interagir com o autor: medina@universidadedofutebol.com.br

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on pinterest

Deixe o seu comentário

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Mais conteúdo valioso