Universidade do Futebol

Colunas

11/05/2018

Entre o Direito e o Futebol Arte

COMO O DIREITO DO AUTOR APARECE NO NOSSO ESPORTE

Bem-vindos ao nosso Entre o Direito e o Esporte” dessa segunda sexta-feira de maio! Hoje vamos continuar a nossa conversa sobre o que a gente acha entre o direito e o marketing do futebol, hoje vamos dar uma olhada em como o futebol, a arte e o direito viram um só no nosso esporte. Hoje vamos ver como o direito do autor aparece no nosso esporte.

E o nossoguia de hoje é esse: vamos começar com o que esse tal de “direito do autor” (além dos comerciais da semana passada), depois a gente vai falar sobre o porquê isso importa para o seu time, e vamos fechar com como tudo isso aparece no marketingdo futebol.

Bora lá?

Afinal, o que raios é direito do autor? O direito do autor é uma categoria jurídica que protege expressões artísticas (literárias e científicas também) e… tudo bem, te deixei com sono já. Né? A regra geral é que o direito do autor diz que quem faz alguma coisa(um quadro, um livro, um programa de computador) é dono dessa coisa.

Imagina que você é um jornalista famoso que viveu muito do nosso futebol. Imagina que você está para se aposentar. Imagina que para “fechar a sua carreira” você resolve escrever um livro. Esse livro é original, esse livro foi escrito por você, esse livro foi publicado. Parabéns, os direitos do autor desse livro são seus!

E isso vale para muitas coisas no nossodia a dia que a gente nem percebe. O futebol é cercado disso hoje! Quem não tem um livro sobre futebol em casa? Quem não tem o hino do seu clube no celular? Quem “não viu o filme do Pelé”? Tudo isso é protegido por esse tal direito do autor.

Agora, por que isso muda a nossavida de torcedor? Simples, a regra geral aqui é que quem é o dono de alguma coisa decide o que fazer com essealguma coisa. É que nem durante a prova na escola: a prova é sua, as respostas são suas, e a escolha de passar essas respostas na prova para seu coleguinha também é sua (não façam isso, viu?).

Isso vale também para aquele comercial da semana passada. A música é de uma pessoa, o roteiro é de outra pessoa, e a fotografia é de mais outra pessoa. E cada um pode escolher o que faz com isso! E isso inclui cederou licenciaros direitos do autorpara outra pessoa – que foi o que todas essas pessoas fizeram ao autorizar a Nike a fazer a propaganda.

E é aí que entra o porquê de isso ser importante para o futebol hoje em dia. Todas essas criações movimentam a indústria do nosso futebol, movimentam o dinheiro para dentro da indústria do nosso futebol, fazem a indústria do nosso futebol o showque ela é hoje. E esse espetáculo do nosso futebol só existe porque quem faz parte dele tem essa proteção.

E essa proteção cria parte do mercado do futebol. Um mercado que a gente vê sempre que liga a televisão, ouve o rádio, ou entra na internet. Um mercado que faz parte do dia a dia do nosso jogo tanto quanto o elástico, a bicicleta, e o rolinho. O futebol de hoje é um produtoque diverte as pessoas. Um produto que precisa de proteção para ter um valor. Um produto que com esse valor cria uma indústria.

Beleza, entendi. Isso tudo importa porque dá dinheiro – é isso? É, o direito do autoré um dos direitos de propriedade intelectualque faz o mercado do esporte a indústria (do entretenimento) de hoje. E é isso, então?

Quase! O direito do autor importa porque a gente (como torcedor) vive isso no nosso futebol. Imagina se não tivesse transmissão na televisão, se a gente não ouvisse o jogo no rádio, ou se não olhasse o placar da partida do nosso time na internet. O que seria do futebol? Nosso é que não seria mais!

O direito do autor ajuda a manter a nossa paixão pelo jogo acesa. Ajuda a mostrar o jogo para todo o mundo. Ajuda a fazer o futebol cada vez mais a nossa cara. É assim que o nosso jogo aparece na sua casa, que a história dos campeonatos chega em você, e que o amor pelo seutime é contado. O direito do autor dá a cara do nosso futebol hoje em dia – e é, por isso, que importa!

O nosso futebol é arte, e como arte tem que ser protegido.

Espero que tenham gostado dessa semana na Universidade do Futebol. E nos vemos na próxima sexta-feira para conversar sobre os sinais distintivos no nosso futebol aqui no “Entre o Direito e o Esporte”. Fechou? Deixo meu convite para falarem comigo por aqui, pelo meu LinkedIn ou pelo meu Twitter. Bom final de semana para vocês, e até logo!

Comentários

Deixe uma resposta