Universidade do Futebol

Colunas

25/12/2016

Mudanças e a gestão esportiva

As novas gerações de gestores precisam compreender o contexto de mudanças em que vivemos

Nesta coluna de Natal, pensei sobre qual presente um gestor esportivo poderia escolher para que seu trabalho fosse cada vez melhor. Olha, se realmente queremos ter uma elevada maturidade na gestão esportiva dentro do futebol, as novas gerações de gestores precisam compreender o contexto de mudanças em que vivemos. Além disso, deverão também refletir sobre maneiras e estratégias gerenciais para promover o desenvolvimento e crescimento do negócio esportivo sob sua gestão. Então, um bom presente talvez seria algum conhecimento ou maneira para aumentar a efetividade da gestão do negócio de futebol.

Em seu livro O Verdadeiro Poder (se deseja ser um bom gestor esportivo eu recomendo essa leitura de base), Vicente Falconi, nos oferece algumas reflexões sobre as mudanças. Em geral nós, seres humanos, somos avessos às mudanças. Sempre que saímos da rotina nos cansamos e nos estressamos. No entanto, estamos num mundo de mudanças contínuas e nossa própria vida é de um dinamismo às vezes assustador. Para quem conhece qualquer organização de futebol, isso não é diferente. O futebol vive num universo em constante mudança, pois rodada a rodada seu contexto pode sofrer alterações drásticas e se faz inevitável que todos estejam preparados para isto.

Slider-Site(1)

A organização esportiva que fica parada na inércia tende a morrer. O movimento de melhorias dentro deste tipo de organização pode ser compreendido de forma adaptativa (quando apenas reage às mudanças em sua volta) ou agressiva (quando ela mesmo provoca estas mudanças e se antecipa).

Mas a compreensão de que vivemos em contexto de mudanças aceleradas não traz a solução para nossos problemas cotidianos no futebol. Conhecer e aplicar ferramentas gerenciais e de qualidade são premissas para que se consiga efetuar uma adequada gestão do futebol. Metas, planejamento estratégico e planos de ação que possam orientar o gerenciamento do futebol, são o mínimo que um gestor do esporte pode empreender.

Para contribuir com o entendimento de vários termos que podem ser novos para o universo do futebol, quero compartilhar algumas informações sobre Gerenciamento da Rotina. Sabe que uma das coisas mais importantes para um bom gerenciamento da rotina é a execução, de um ciclo de PDCA (Plan, Do, Check, Action). Todos os pontos do PDCA são importantes e necessários, porém quero chamar a atenção rapidamente para o Do, Executar.

Sempre que não temos pragmatismo na execução dos planos de ação que nos levarão aos melhores resultados, nós caímos na procrastinação clássica do ser humano. Com isso, nós viramos meros observadores dos nossos planos e mesmo assim acreditamos por um tempo que seremos bem-sucedidos ao atingirmos as metas estabelecidas.

A dica então é não deixarmos a energia cair no momento da execução de nossas atividades, independentemente do tamanho ou complexidade da ação. Seja ela qual for, esta possui uma enorme importância não percebida no contexto geral do objetivo desejado! Seguir firme na direção dos melhores resultados exige um total engajamento de todos e com isso pode-se esperar melhores resultados de negócio esportivo dentro do futebol.

Até a próxima, um grande abraço e um Feliz Natal!

Comentários

Deixe uma resposta