Universidade do Futebol

Eduardo Barros

22/02/2015

O mapa mental do futebol

Olhar para o jogo (e para o treino) de futebol é uma tarefa de elevado grau de complexidade. A infinidade de relações e interações possibilita uma gama de interpretações do jogo que varia de acordo com a capacidade que cada indivíduo tem de compreendê-lo. Varia também através dos recursos disponíveis, que traduzem em informações relevantes elementos não tão perceptíveis a “olho nu” ou em tempo real.

Neste contexto, limitações na capacidade de interpretação do jogo, recursos insuficientes ou irrelevantes podem trazer consequências negativas ao processo de crescimento e desenvolvimento que é a permanente construção de uma equipe de futebol.

Para organizar a interpretação do Jogo (e do treino) uma ferramenta simples pode ser utilizada. Idealizada pelo escritor inglês Tony Buzan e denominada Mapa Mental, tal ferramenta consiste num diagrama e tem como objetivo a compreensão e solução de problemas. Através de um registro gráfico, os mapas mentais têm sido utilizados em todas as áreas do conhecimento humano para planejar qualquer tipo de evento, profissional ou não, individual ou em grupo.

De acordo com o site Wikipédia, os Mapas Mentais já foram utilizados por mais de 250 milhões de pessoas.

Você, alguma vez, já utilizou um mapa mental para o futebol?

Como você organiza as ideias e informações do Jogo?

Para ler a coluna na íntegra, basta clicar aqui

Comentários

Deixe uma resposta