Reflexões e possibilidades de utilização da saída em 3

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

O Futebol está em constante evolução, sempre com novas ideias ou até mesmo outras que retornam do passado para solucionar problemas do presente. Algo que podemos dizer que “está na moda”, principalmente no futebol europeu é jogar com 3 zagueiros(as). Há muitas equipes se utilizando de estruturas táticas onde a base defensiva é com 3 zagueiros(as), alguns exemplos são Atalanta, Wolverhampthon, Internazionale, Borussia Dortmund.

Esse tipo de estrutura é geralmente reconhecida como uma formação que prioriza a solidez defensiva, mas pensando nos exemplos citados e no modelo jogo dessas equipes, reflita. Atuar com 3 zagueiros(as) pode trazer vantagens apenas defensivamente?

Como tais equipes se utilizam dessa formação para potencializar o seu jogo no momento ofensivo?

Atualmente, jogar com 3 zagueiros(as) não é uma opção utilizada apenas para o aumento da consistência defensiva, mas também uma estratégia que pode ser utilizada para criar vantagens e desequilíbrios no adversário já na primeira fase de construção do jogo. Para que essa estrutura seja formada, a equipe não precisa, necessariamente, atuar com três zagueiros(as), uma outra possibilidade é utilizar outros jogadores para formar a saída em 3 no momento da construção das jogadas de ataque. Uma das maneiras mais utilizadas para essa construção é a entrada de um(a) volante entre os(as) zagueiros(as), conhecida como saída “saída lavolpiana”.

Aqui, convidamos você leitor para as seguinte reflexões

Quais as vantagens que essa saída pode nos trazer?

Você utiliza a saída em 3 na sua equipe?

Esse mecanismo é utilizado para se criar vantagem de fato ou apenas porque “está na moda”?

As vantagens que a saída em 3 podem oferecer dependem de uma série de fatores, entre elas as características da própria equipe e a maneira como o adversário(a) faz a pressão. A seguir, apresentamos alguns questionamentos que podem ajudar você a enxergar de maneira mais clara algumas dessas variáveis e em que casos as possibilidades de explorar as vantagens criadas com a saída de 3 podem ser maiores, levando em consideração os diferentes momentos do jogo.

Sobre a sua própria equipe, tente responder às seguintes questões:

Sua estrutura tática já tem 3 jogadores(as) na base para construção? Se não, como você pretende executá-la?

Com o(a) volante/meia entrando no centro ou na lateral? (foto)Imagem: Reprodução/Aurélio Estanislau

Com um(a) lateral base para a saída? (foto)Imagem: Reprodução/Aurélio Estanislau

Com o(a) goleiro(a)? (foto)Imagem: Reprodução/Aurélio Estanislau

Em qual momento o 3º jogador(a) vai entrar? E porque?

Quais serão os critérios para fazer a saída em 3?

Já sobre o adversário:

Com quantos(as) jogadores(as) o(a) adversário(a) faz a primeira pressão? É preciso ter 3 jogadores(as) na base?

3×1 Imagem: Reprodução/Aurélio Estanislau

3×2 (foto)Imagem: Reprodução/Aurélio Estanislau

3×3 (foto)Imagem: Reprodução/Aurélio Estanislau

O que podemos explorar em cada um destes confrontos?

Em que altura e distância estarão os(as) jogadores(as) nessa saída?

Será necessário fazer a saída em 3 em todos os momentos ou apenas em situações específicas do jogo?

Por exemplo: É necessário criarmos um 3×1 na primeira fase de construção ou o 2×1 já é suficiente para a progressão? Ou irei fazer o 3×1 fazendo com que 1 dos 3 progrida e ande com bola, deixando 2×1 como cobertura no balanço defensivo?

Todos os movimentos pensados para o jogo devem ser realizados em busca da criação de vantagens na construção, nesse sentido é importante termos em mente as respostas para as seguintes perguntas: vou criar vantagem para a próxima fase do jogo? Como, quando e por quê?

Sobre o autor

Aurélio Estanislau é graduado em Ciências do Esporte pela Unicamp e analista de desempenho do Sub17 do S.C. Corinthians Paulista.

Acompanhe as redes sociais do Aurélio Estanislau: InstagramTwitter.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on pinterest

Deixe o seu comentário

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Mais conteúdo valioso