Categorias
Conteúdo Udof>Artigos

Sistemas táticos e o que realmente importa

Um tema bastante discutido entre as pessoas envolvidas com futebol, principalmente no Brasil, é a utilização de diferentes sistemas táticos (e não façamos confusão com os esquemas, ligados à organização e dinâmica de uma equipe), o famoso 1-4-2-3-1, o muito utilizado 1-4-4-2, o “ofensivo” 1-4-3-3, ou ainda o “atual” 1-4-1-4-1.
Pois bem, a intenção não é diminuir ou tirar a importância desses números todos, mas convidar o leitor a “pensar” sobre essas “verdades absolutas”, que todos os dias os profissionais ou não do futebol aceitam.
Mas, o que é um Sistema Tático? É a disposição, a forma, em números, que se dá à estruturação de um time. É o desenho de uma equipe de futebol, que se divide em defesa, meio campo e ataque.
Esse desenho fica muito claro e simples de ser observado antes do início do jogo, já que nenhum daqueles números se movimentam dentro de campo, pois os jogadores não podem ficar fixos em suas posições como as peças de um jogo de pebolim. Portanto, talvez esteja na hora de enxergarmos e interpretarmos esses números na prática, com mais atenção e um olhar diferente.
Para ler o artigo na íntegra, basta clicar aqui