Universidade do Futebol 17 anos – Da infância à adolescência

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Com a consciência de sua adolescência em busca de maioridade, sempre acreditando na “transformação pelo conhecimento” e no firme propósito de contribuir com as necessárias “mudanças no futebol, inspirando mudanças na sociedade”, Universidade do Futebol completa neste sábado, dia 25 de julho de 2020, seu 17º ano de existência.

Lançada em 2003, esta instituição – com a inestimável participação e engajamento de seus colaboradores passados e atuais – tem procurado integrar toda a comunidade do futebol, oferecendo conhecimentos, atrações e oportunidades aos apreciadores e estudiosos desta modalidade esportiva, propiciando o livre acesso às informações e a democratização do conhecimento no futebol.

Durante todo este período, a Universidade do Futebol passou por algumas importantes fases de crescimento. Engatinhou, aprendeu a andar, alfabetizou-se e agora, adolescente, continua mais do que nunca disposta a aprender a jogar o jogo, principalmente, o jogo da vida, ciente de que esse jogo é cheio de desafios e que exige superação a cada dia.

Apesar de sua juventude, e a exemplo da imprevisibilidade de um jogo de futebol, adquiriu a noção das incertezas de um mundo cada vez mais impaciente e veloz em seus processos de transformação. Porém, não se intimida com isso. Pelo contrário, toma cada desafio como uma oportunidade de crescimento.

Este é o momento que a Universidade do Futebol vive hoje. Fundada em um tempo em que o seu ecossistema ainda desconfiava do papel do conhecimento científico e da educação à distância no futebol como forma de aprendizagem, atualmente celebra o movimento onde parece que ninguém mais dúvida que este é um dos caminhos mais seguros para nossa aprendizagem, capacitação e, consequentemente, à solução dos problemas que nos afligem.

A Universidade do Futebol, portanto, se sente preparada para encarar esses novos tempos. Mesmo neste período de crise sanitária e econômica em que mergulhou o Brasil e o mundo, entende que trata-se de um momento de muitas possibilidades para a humanidade. Mesmo diante de novas circunstâncias, procura entender as diversidades humanas e sociais, suas idiossincrasias, tentando a todo o momento superar os conflitos e as contradições presentes em nossa sociedade, ao mesmo tempo em que nela busca se impor e contribuir, marcando de forma indelével a sua presença.

Finalmente, a Universidade do Futebol, tem orgulho dos amigos e admiradores que fez ao longo desses 17 anos de vida. E procura valorizá-los e agradecê-los, sempre. Aprendeu desde cedo que é preciso primeiro plantar, regar, compartilhar, e depois colher e continuar compartilhando o que colheu, em um processo contínuo, retroalimentado.

E é assim que segue o seu caminho. Com a humildade de quem conhece as limitações humanas, mas ao mesmo tempo com a enorme convicção de que tem potencial para conquistar o respeito de todo mundo.

 

João Paulo S. Medina; Heloisa Rios; Rafael Lacerda

Sócios

Universidade do Futebol

 

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on pinterest

Deixe o seu comentário

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Mais conteúdo valioso