Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Parabéns aos jogadores que insistem em se envolver em escândalos, enxergar apenas o dinheiro à frente e corromper a todos na família, esquecendo-se do seu papel como ídolos a serem seguidos pela massa de jovens e que contribuiriam para a formação de parte do seu caráter na vida adulta.   

Parabéns aos clubes que menosprezam o relacionamento com os seus torcedores, deixando de zelar por seus estádios; pela ausência de planos de sócios condizentes com o custo-benefício de se freqüentar espaços com conforto precário; que não fazem o mínimo esforço em revelar bons jogadores-cidadãos em suas categorias de base; que continuam deixando os rumos de sua gestão nas mãos dos verdadeiros torcedores, não nas mãos de verdadeiros profissionais; que desenvolvem parcerias sem transparência e que, quando não dão certo, vão-se os parceiros e restam dívidas.  

Parabéns à CBF e às federações que continuam quebrando contratos comerciais; que continuam com dificuldades em negociar calendários e horários de jogos compatíveis com os interesses dos seus torcedores/consumidores de forma equilibrada frente à TV; que são pródigas em elaborar regulamentos patológicos que devem ser resolvidos nos tribunais; que fazem vistas grossas às vistorias técnicas e de segurança sobre as condições dos estádios de futebol no país; que seguem desprezando o futebol feminino, da base ao topo.

Parabéns aos torcedores que se organizam em hordas violentas para brigar com rivais, brigar entre si, brigar; que compram produtos piratas, “gatos” de TV a cabo, por acharem que seu clube cobra caro os produtos oficiais que sustentam seu dia-a-dia; que elegem políticos de ocasião que se utilizam do reduto eleitoral junto à torcida e que, no mais das vezes, não conseguirão zelar nem pelos interesses do clube, menos ainda por interesses da sociedade em geral.

Parabéns aos empresários aventureiros que manipulam jovens e suas famílias de todos os rincões do país, prometendo-lhes fama e fortuna, no Brasil e no exterior e que, quando nada dá certo, sobram histórias tristes, jovens iludidos e uns trocados, passando longe do tratamento digno merecido por todos.

Parabéns aos meios de comunicação que tratam de forma irresponsável o poder da informação e a transformam em desinformação; que esperam os fatos para vender notícias e soluções superficiais a problemas estruturais, perpetuando modelos arcaicos de gestão e afastando-se de um mínimo de engajamento nas discussões que levariam o futebol brasileiro a um patamar evoluído.

Parabéns ao Poder Público que não cansa de desenvolver projetos com boas intenções, mas de implementação duvidosa; que não consegue articular idéias entre todos os envolvidos na condução de nosso futebol, com responsabilidade, fiscalização e aperfeiçoamento do ambiente socioeconômico e cultural em que nosso futebol está inserido. 

Parabéns a todos nós pelo melhor futebol do mundo, amado e idolatrado, cantado em verso e prosa aqui e acolá.

Parabéns às ironias e mentiras do futebol brasileiro… Neste 1º de abril.

Para interagir com o autor: barp@universidadedofutebol.com.br

+ posts

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on pinterest

Deixe o seu comentário

Deixe uma resposta

Mais conteúdo valioso

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com