Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Após 13 edições, a Copa Libertadores da América novamente terá uma final entre duas equipes brasileiras. A última vez que isso havia ocorrido foi em 2006, quando o Internacional sagrou-se campeão ao vencer o São Paulo.

Teremos duas equipes brasileiras, mas apenas um treinador do país. Pelo segundo ano consecutivo um português pode ser o campeão da principal competição de clubes da América do Sul. Outro dado a se destacar é que após 3 finais consecutivas – 2017, 18 e 19, desta vez não haverá ao menos um treinador argentino decidindo o título.

Nesta final destacamos o poderio ofensivo das equipes, ambas chegam empatadas como a 3º equipe que mais finaliza a gol na competição, o Palmeiras ainda é a 2º em expectativa de gols, o xG, enquanto o Santos é a 4º. 

E quando se fala em ataque, pensamos logo nos jogadores de frente, mas em nossa análise ressaltaremos dois jogadores que tem contribuído muito para o sucesso ofensivo de suas equipes e que atuam no meio-campo. Gabriel Menino e Alisson, são dois jogadores que com a versatilidade entre as fases do jogo, dada a média de recuperações de bola e de passes progressivos, têm sido fundamentais para “empurrar” suas equipes até a meta adversária.

Prognóstico de uma final com equipes buscando o gol a todo momento!

Desfrutem do JOGO!

Aurélio Estanislau é graduado em Ciências do Esporte pela UNICAMP. Possui curso de Analise de Desempenho da Base CBF. Tem experiência em categorias do Sub15 ao Sub20, Campeão Paulista Sub17 pela A.A. Ponte Preta em 2017. Desde 2018 faz parte da equipe técnica da categoria de base do S.C. Corinthians Paulista, atuou no Sub15 e Sub20, e atualmente é Analista de Desempenho do Sub17.

+ posts

Bacharel em treinamento esportivo, Mestrando em Treinamento de Alto Rendimento, possui a Licença B pela CBF/FIFA e cursa atualmente as licenças A/B da ATFA. Tem passagens pelo Paulínia FC, Coritiba, Athletico Paranaense, Ferroviária e Guarani FC, além de prestar assessoria quanto a análise individual e coletiva de equipes.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no pinterest

Deixe o seu comentário

Deixe uma resposta

Mais conteúdo valioso